Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bem vindo ao Visão Notícias - 24 de Junho de 2024 - 03:31

MUITOS TIPOS

Influencer com nanismo fala sobre cantadas no OnlyFans

11 de Junho de 2024 ás 08h 29min, por DO CENAPOP UOL
Foto por Reprodução/Instagram

A modelo Vithória Papel, de 31 anos, contou que está conseguindo faturar um bom dinheiro com o conteúdo sensual que cria para o OnlyFans.

Atleta de crossfit, ela explicou que tem o apoio da família na empreitada e que conquistou um público que “gosta de ver” as fotos e vídeos que compartilha na plataforma.  

“Ajuda no meu faturamento por mês. São tipos de fotos que gosto de fazer. Gosto do meu corpo, treino para isso e tenho o público que gosta de ver. É tudo bem ‘soft’ e de bom gosto. Tenho apoio dos meus pais e da minha família, que sabem o que estou fazendo lá”, explicou ela, ao jornal Extra.

Vithória acrescentou: “Não tem nudez ou conteúdo adulto. Apenas algo mais sexy que no Instagram. Posto todo dia algo lá e respondo diariamente no chat, tendo interação com meus fãs. Faço questão de todos os dias estar lá para eu mesma falar com quem os assinantes”, continuou.

A criadora de conteúdo explicou que costuma receber todos os tipos de cantadas na plataforma, das mais fofas e cheias de elogios, e também as mais indecentes.

“Têm muitos tipos de cantadas né?, desde a mais fofa e educada e a mais grosseira e indecente. Procuro não ler os comentários, porque sei que lá tem muita coisa que eu não gostaria de ler… Mas sempre que vejo um elogio do bem e que eu gosto, faço questão de pelo menos curtir/agradecer”, avisou.

Ao falar sobre preconceito, Vithória explicou que gosta de aparecer diariamente na internet para mostrar que mulheres com nanismo podem “fazer o que bem entenderem”.

“Existe, sim, preconceito. Ainda mais com a mulher com nanismo. Eu coloco minha cara todos os dias na internet, para mostrar que uma mulher com nanismo é capaz de fazer tudo. Ter autoestima, se arrumar, dirigir, treinar, sair, viajar… E dessa forma poder incentivar não só as pessoas com nanismo, mas todas as pessoas que se sentem ‘diferentes do padrão da sociedade’”, completou.

Fonte: https://cenapop.uol.com.br/noticias/famosos/vithoria-papel.html