Bem vindo ao Visão Notícias - 07 de Maio de 2021 - 06:02

ATENDIMENTO DE ROTINA

Serviços desenvolvidos nas UBS’s são retomados gradativamente

19 de Abril de 2021 ás 11h 52min, por Karoline Kuhn

A Secretaria Municipal de Saúde está restabelecendo, de maneira gradual, os serviços que são desenvolvidos nas Unidades Básicas de Saúde, que seguem priorizando atendimentos dos casos suspeitos de Covid-19, além de urgências e emergências diversas, bem como vacinas de rotina. Na semana passada, por exemplo, foram retomados os atendimentos a hipertensos, diabéticos e de pré-natais de maneira agendada. No entanto, as consultas eletivas (por agendamento) seguem suspensas.

“A gente tem feito de forma gradativa, porque as Unidades têm recebido, também, muitos pacientes, além das demandas da Covid, urgência e emergência e mais esses agendamentos [pré-natais, hipertensos e diabéticos], ainda tem as demandas de vacinas e, nós sabemos que precisamos tomar cuidado com aglomeração de pessoas”, explicou a coordenadora de Atenção Básica, Ana Paula Fernandes.

Os atendimentos foram reduzidos, em 22 de março, para priorizar os casos suspeitos de Covid-19 e, deste modo, absorver a alta demanda na tentativa de desafogar as unidades de referência à doença.  Um levantamento feito pela Secretaria aponta que, em março, a média diária de atendimentos médicos nas unidades de saúde atingiu 913 enquanto, em fevereiro, foi de 345 atendimentos e, em janeiro, de 290. A princípio, a medida teria duração de 15 dias, no entanto, o município segue em risco de classificação alto de contágio e transmissão da doença, além da procura contínua de pacientes suspeitos de Coronavírus por atendimentos. 

De acordo com a coordenadora, a expectativa é que o próximo serviço a ser retomado seja de puericultura (atendimentos à crianças), no entanto, ainda estão sendo avaliados os números de atendimentos nas UBS relacionados a novos casos de Covid e, também, de retornos. “Tem pacientes que, até a resolução do caso, retornam 8 vezes para serem reavaliados. Então, conforme essa demanda vai diminuindo, a gente vai retomando os atendimentos”, explicou.

Os atendimentos nas unidades seguem segunda à sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h. com organização do chamado fluxo em Y, onde pacientes com sintomas gripais são direcionados a uma entrada e sala de atendimento diferentes dos demais casos (urgência e emergência). “É necessário esse cuidado, essa paciência, para que a gente consiga se ajustar e, conforme vamos conseguindo baixar o número de pacientes Covid, o fluxo desses pacientes nas unidades, a gente vai retomando todos os outros atendimentos”, ressaltou.

Conforme o último boletim epidemiológico emitido pela Secretaria de Saúde, 17,9 mil pessoas já contraíram a doença desde o início da pandemia até o momento na cidade. Destes, 17,1 mil estão recuperados. No entanto, 312 pessoas não resistiram à doença.