Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bem vindo ao Visão Notícias - 11 de Dezembro de 2023 - 05:00

REGIÃO TELES PIRES

Prefeitura participa de evento sobre saúde mental e práticas integrativas complementares

26 de Outubro de 2023 ás 09h 06min, por Daiane Stela
Foto por ASSESSORIA

O II Encontro de Saúde Mental e o IV Encontro de Práticas Integrativas Complementares em Saúde, foi realizado pelo Escritório Regional de Saúde de Sinop em parceria com a Comissão de Integração Ensino Serviço (CIES) Teles Pires, hoje, e contou com a participação de representantes da Prefeitura. Além de Sinop, o evento reuniu representantes de outros 13 municípios, que no período da manhã, debateram sobre a saúde metal e práticas integrativas em saúde. Já à tarde participaram de workshops de terapias que integram a Política Nacional de PICS.

Durante o encontro, foi apresentado o projeto “Sensibilizar - uma estratégia de implantação da PICS”, de autoria de um grupo de terapeutas da Secretaria de Saúde de Sinop, que recebeu certificado durante a 18ª Mostra Aqui tem SUS, que aconteceu dentro do 37º Congresso Nacional das Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), no mês de julho em Goiânia (GO).

Umas das autoras do projeto, Patrícia Kamitami, ressaltou que Sinop é o primeiro município da Região Teles Pires a aprovar a política municipal de práticas integrativas (PNPIS). “É um trabalho em conjunto que vem sendo desenvolvido desde 2022 e que agora foi aprovado e publicado, podendo ser colocado em prática. Poder compartilhar essa experiência durante o encontro foi satisfatório, pois além de contribuir com a saúde local, contribuimos com o fortalecimento do Sistema Único de Saúde”, enfatizou.

O objetivo do evento, que foi realizado no auditório da Faciso, é expandir as práticas integrativas no SUS. Oportunidade para gestores, equipe multiprofissional, professores e estudantes na área de saúde buscarem referenciar a política na perspectiva da atenção e do cuidado de forma integral e humanizada de si e do outro.