Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bem vindo ao Visão Notícias - 21 de Janeiro de 2022 - 06:26

Saúde

Dorner vai à Cuiabá buscar apoio do Governo de MT para desafogar UPA

14 de Janeiro de 2022 ás 15h 49min, por Simone Casagrande
Foto por Assessoria

O prefeito Roberto Dorner (Republicanos), acompanhado da secretária de Governo, Faira Strapazzon e da secretária de Saúde, Daniela Galhardo, cumpriu uma série de compromissos em Cuiabá, nesta quinta-feira (13). Entre os assuntos em pauta, a saúde pública foi a prioridade dos gestores.

Logo pela manhã, os gestores estiveram reunidos com o secretário Estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, para pedir o apoio do Governo de Mato Grosso para desafogar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h. Conforme Dorner, é necessário que o Hospital Regional, que é de competência do Estado, passe a receber com mais frequência os pacientes que necessitam de internação, porque atualmente, a UPA, que é de competência municipal, está assumindo um papel contrário à sua principal responsabilidade, que é de atendimentos de urgência e emergência.

“Temos aproximadamente 50 leitos de internação na UPA, e com essas pandemias a tendencia é aumentar, ainda mais, esse número. Só que UPA é uma unidade de atendimento rápido, o correto é que a pessoa fique apenas 24h ali e depois seja encaminhada para o Hospital Regional. Mas, como eles não recebem todos os pacientes, acabamos assumindo esse papel, porque não podemos deixar, de forma alguma, as pessoas desassistidas. Por isso, fui até a Secretaria de Saúde do Estado para pedir esse apoio, precisamos unir formas para cuidar do nosso povo com dignidade e humanização, da forma que está não pode continuar”, afirma o prefeito.

Na sequência, os gestores se reuniram com a empresa Houer. A instituição é a atual responsável pela estruturação e viabilização do projeto do Hospital Municipal de Sinop, que será construído no bairro Menino Jesus.

“Os primeiros alinhamentos já estão sendo realizados, para que Sinop receba uma unidade que comporte a demanda local de forma digna e humanizada. O hospital terá 40 leitos de internação, sendo 10 leitos para maternidade”, finalizou Dorner.