Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bem vindo ao Visão Notícias - 03 de Dezembro de 2021 - 21:06

CONSCIENTIZAÇÃO

Dengue: Sinop recebe mais de 5 mil notificações com focos de Aedes aegypti

22 de Novembro de 2021 ás 11h 02min, por ASSESSORIA
Foto por ASSESSORIA

A dengue é uma doença febril grave causada por um arbovírus. Esse vírus é transmitido por picadas de insetos. No Brasil o principal transmissor é o mosquito Aedes aegypti. Apesar da prevenção ser a chave para inibir a doença, todos os anos milhares de casos são notificados.

Em Sinop, dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde registraram, de janeiro a outubro de 2021, mais de 5 mil notificações de dengue. Dentre as notificações 1.171 casos foram confirmados.

Um boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES MT) destaca que o estado é o terceiro com maior incidência, apontando mais de 15 mil quadros. A região Centro Oeste, foi a terceira com mais notificações, cerca de 80 mil. No total, até o mês de setembro de 2021 o Brasil registrou mais 465.897 casos. O Ministério da Saúde confirmou a morte de 183 pessoas no mesmo período.
 
O Médico e diretor do Hospital e Maternidade Dois Pinheiros, Jorge Yanai, destacou que a conscientização com medidas simples de prevenção pode ser a solução. "A dengue é um problema de saúde pública. Todos os anos destacamos a importância de combatermos os focos que contenham água parada. Se o mosquito não nasce, a doença não se prolifera", pontuou Yanai.
 
Prevenção

O Aedes aegypti é responsável, também, pela transmissão da febre amarela, da febre chikungunya e da zika. Para prevenir essas doenças, o combate ao foco provocado pelo acúmulo de água é a melhor prevenção;          
                                                         
*  Mantenha bem tampados: caixas, tonéis e barris de água.
*  Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre bem fechada.
*  Não jogue lixo em terrenos baldios.
* Se for guardar garrafas de vidro ou plástico, mantenha sempre a boca para baixo.
*  Não deixe a água da chuva acumulada sobre a laje.
*  Encha os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda.
*  Se for guardar pneus velhos em casa, retire toda a água e mantenha-os em locais cobertos, protegidos da chuva.

Não deixe água parada essa e outras medidas podem inibir a procriação do mosquito.