Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bem vindo ao Visão Notícias - 14 de Agosto de 2022 - 03:27

CPI

CPI que apura denúncias na saúde realiza novas oitivas

31 de Maio de 2022 ás 12h 41min, por Igor Marangon
Foto por ASSESSORIA

A Comissão Parlamentar de Inquérito, instaurada na Câmara Municipal de Sinop para apurar as irregularidades na prestação de serviço do Instituto Social Saúde Resgate à Vida (ISSRV), realizou novas oitivas na manhã desta terça-feira (31). 

Cinco servidores ligados à Comissão Permanente de Controle e Avaliação, da Secretaria Municipal de Saúde foram ouvidos. Os questionamentos feitos pelos membros estão relacionados as suspeitas de possíveis irregularidades no contrato, repasses aditivos e atraso no pagamento de salários. 

Na segunda-feira (30) a prefeitura rescindiu o contrato com o Instituto, que desde 2018 era responsável pela administração da UPA e de outras cinco Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município.

Mesmo com o cancelamento do contrato, a CPI continuará seus trabalhos, que tem o prazo de conclusão de 180 dias. Nos próximos dias, novas pessoas devem ser convocadas para esclarecimentos às investigações.

A CPI é composta pelos vereadores Mário Sugizaki (PODE), que é o presidente da comissão, Paulinho Abreu (PL), relator, Célio Garcia (União Brasil), Luis Paulo da Gleba (PROS) e Lucinei (MDB).