Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bem vindo ao Visão Notícias - 04 de Março de 2024 - 06:42

EM LUCAS DO RIO VERDE

Câmara sedia na próxima semana audiência para debater nova concessão do transporte coletivo

30 de Janeiro de 2024 ás 12h 29min, por DA REDAÇÃO

A Câmara de Vereadores irá sediar, na próxima segunda-feira (5), uma audiência para debater a nova concessão do transporte público coletivo do município. O evento é organizado pela Prefeitura e terá início às 18h, no plenário, com transmissão ao vivo pelo canal do Poder Legislativo no YouTube.

Os vereadores de Lucas do Rio Verde acompanham de perto as discussões para a nova concessão. No ano passado, eles aprovaram um projeto encaminhado pelo Poder Executivo, para prorrogar por um ano o prazo do contrato com a atual concessionária, a Viação Lucas. Isso ocorreu porque a empresa notificou o município de que não havia mais interesse em operar as linhas. Desta forma, aumentar o prazo permitiu a realização de um estudo para definir como a nova concessão.

Em janeiro deste ano, os vereadores puderam conhecer os detalhes do diagnóstico, feito pela Memphis Engenharia, empresa que é de São Paulo e que foi contratada pela Prefeitura para elaborar também a minuta do edital de procedimento licitatório. A apresentação foi feita por Cristina Afonso, diretora de Projetos da empresa.

Ela detalhou alguns cenários, que resultam em diferentes investimentos por parte do município e quais tarifas seriam pagas pelo usuário em cada caso. Durante a apresentação, os parlamentares fizeram diversos questionamentos e apresentaram sugestões. São esses dados que serão apresentados à população na audiência pública.

Após as discussões, o Poder Executivo dará andamento à elaboração do projeto básico e da minuta do edital de licitação. O certame terá abrangência nacional e a empresa que apresentar a melhor proposta, de acordo com o edital, irá assumir a operação das linhas.

Atualmente, os usuários pagam tarifa de R$ 4,50 quando adquirem as passagens por meio do Sistema de Bilhetagem Eletrônica. Já as passagens compradas durante os embarques custam R$ 5.