Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bem vindo ao Visão Notícias - 27 de Maio de 2022 - 10:52

Gratuito ou Cobrado?

Câmara questiona Hospital da Visão sobre cobrança em cirurgias

05 de Maio de 2022 ás 13h 24min, por José Roberto GOnçalves
Foto por Divulgação

A suposta cobrança por consultas e cirurgias motivou os vereadores de Sinop a pedirem explicações do Hospital da Visão. O presidente da Câmara, Élbio Volkweis (Patriotas), e os vereadores Célio Garcia (União Brasil) e Mário Sugizaki (Podemos) estiveram na manhã desta quarta-feira (4) reunidos com o diretor da unidade, Ideraldo Pires da Costa, para apurar denúncias de que os munícipes estão pagando por consultas e procedimentos.

Oficialmente inaugurado em 11 de setembro de 2021, o Hospital da Visão, gerido pelo Instituto Helen Keller, prometia atender, de forma gratuita, moradores de 35 cidades da região por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) e convênio junto às Prefeituras.

Entretanto, usuários da unidade reclamam por ter que arcar com os custos. Uma senhora relatou que, para o procedimento cirúrgico de catarata da mãe, precisaria desembolsar R$ 1.857 para cada olho – um total de R$ 3,714.

Diante disso, os vereadores questionaram por que o Hospital está cobrando pelo atendimento, sendo que recebe (anualmente) R$ 394 mil em verbas impositivas da Câmara, entre outros repasses públicos.

“Nosso questionamento foi: qual vantagem a população tem quando precisa pagar por um serviço que deveria ser oferecido de graça? Isso não tem lógica. Apesar de ser um hospital de utilidade pública, está cobrando da população como se fosse uma unidade particular”, frisou Élbio.

A Câmara vai solicitar informações sobre o número de atendimentos realizados desde a inauguração, os valores totais recebidos pelo Instituto e se há um cronograma que esclareça se e quando o Hospital atenderá a população de forma gratuita.

Hospital da Visão

Idealizado e construído no Jardim Paraíso pelo Lions Clube, o Hospital da Visão tem 980 m² de área construída e foi feito com recursos da compensação ambiental por meio do Programa de Apoio aos Municípios da Sinop Energia, com investimento de R$ 1,9 milhão.

Como complemento, a legislatura passada da Câmara destinou R$ 600 mil em emendas impositivas, além do apoio da comunidade através de promoções realizadas pelo Lions.

A unidade possui duas salas de cirurgias, dois consultórios médicos, duas salas de repouso e demais dependências para o atendimento aos pacientes, com capacidade de 50 cirurgias por dia, de catarata, glaucoma e tratamento pterígio.

Em março, o governador Mauro Mendes prometeu firmar um convênio entre Estado e Prefeitura para ampliar o número de atendimentos oftalmológicos – gratuitos –, com repasses do programa Mais MT Cirurgias.