Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bem vindo ao Visão Notícias - 14 de Agosto de 2022 - 02:11

OPERAÇÃO

Operação cumpre mandados contra investigados por homicídio em fazenda em MT

28 de Junho de 2022 ás 08h 17min, por G1 MT
Foto por Polícia Civil

Uma operação deflagrada pela Polícia Civil cumpriu quatro mandados de prisão e de buscas, nessa segunda-feira (27), contra investigados por um homicídio que ocorreu em maio, em uma fazenda de Campo Verde, a 139 km de Cuiabá.

A polícia informou que dois funcionários da propriedade rural, de 22 e 31 anos, foram presos temporariamente pelas equipes da Delegacia de Campo Verde e da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), durante a operação Facínoras.

Também foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão nas casas dos investigados. Segundo a polícia, um deles tentou resistir à prisão.

Com os suspeitos, os policiais apreenderam duas armas de fogo e celulares que serão periciados pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). Um dos investigados preso confessou o crime à polícia e apontou o local onde estava a arma que teria sido utilizada no crime.

De acordo com a polícia, também foram localizadas uma espingarda calibre 36 desmontada e uma caixa com 20 munições intactas e quatro deflagradas escondidas em uma área de mata da fazenda.

O homicídio

Geraldo dos Santos, de 56 anos, era encarregado de uma fazenda de Campo Verde e foi encontrado morto na propriedade rural, atingido por disparos de arma de fogo, no dia 14 de maio deste ano.

De acordo com o delegado de Campo Verde, Philipe Pinho, a apuração apontou elementos informativos que colocam os dois investigados presos na operação como os suspeitos do homicídio.

Segundo a polícia, buscas realizadas na fazenda logo após o crime não localizou uma das armas que ficavam guardadas na propriedade, sob responsabilidade da vítima.

Com a prisão dos dois suspeitos, a Polícia Civil disse que espera esclarecer pontos da investigação e a motivação do homicídio.