Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bem vindo ao Visão Notícias - 18 de Outubro de 2021 - 04:03

PROJETO ROMPE

Secretaria faz rondas diárias em escolas para garantir saída segura aos alunos de Sinop

24 de Setembro de 2021 ás 11h 34min, por Roneir Corrêa
Foto por ASSESSORIA

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte Urbano desenvolve junto às escolas da rede pública municipal, o projeto Ronda Municipal Preventiva Escolar (Rompe). A ação busca garantir segurança às crianças no momento da saída das escolas e controlar o tráfego de veículos em frente às unidades.

O trabalho é desenvolvido diariamente pela Guarda Civil Municipal como forma orientativa, educativa e de conscientização dos alunos e dos pais sobre a forma correta e segura de usar os dispositivos do trânsito. De acordo com a pasta, a ronda é feita em todas as escolas, de forma rotativa, de acordo com o cronograma definido pelo Departamento de Educação para o Trânsito (DET).

“Temos um cronograma que inclui uma escola por dia. Todos os dias por volta das 11h uma equipe se desloca à unidade escolar para fazer o trabalho de controle de tráfego e orientação aos alunos e aos pais. A intenção é garantir segurança a esses alunos na saída das aulas e conscientizá-los sobre a necessidade de seguir as regras de trânsito”, comentou o diretor do DET, Benhur Carvalho.

Carvalho lembra que outros projetos também são desenvolvidos diariamente nas escolas do município, como por exemplo, o “Criança Segura no Trânsito”. Esse projeto consiste em palestras lúdicas e interativas realizadas pela equipe da secretaria com intuito de despertar nos alunos a consciência sobre o trânsito.

“Depois que essas crianças recebem essas palestras, elas passam a cobrar dos pais o uso correto dos dispositivos de segurança, como não usar o celular enquanto dirige, usar o cinto de segurança, capacete afivelado e com a viseira baixada, entre outras atitudes”, comentou ele.

O secretário da pasta, major Joubert Sacramento, ressalta que esse projeto também pode ser realizado nas escolas particulares da cidade. “As escolas que tiverem interesse em receber essas palestras, devem solicitar na secretaria o serviço por meio de ofício. É bastante interessante essa participação do setor privado, porque conseguimos assim alcançar uma maior quantidade de crianças”, finalizou.