Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bem vindo ao Visão Notícias - 27 de Maio de 2022 - 11:45

DESTINAÇÃO CORRETA

Meio Ambiente e OAB desenvolvem projeto Reciclar é Legal para arrecadar lixo eletrônico

12 de Maio de 2022 ás 12h 41min, por Roneir Corrêa
Foto por ASSESSORIA

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) subseção de Sinop, realizam a campanha “Reciclar é Legal”. O objetivo é recolher eletrônicos inservíveis com intuito de evitar o despejo irregular do lixo e reduzir o impacto no meio ambiente. A ação, que já está em andamento, finaliza no dia 4 de junho.

A sede da OAB Sinop é o ponto oficial de coleta. A unidade fica localizada na Rua das Grevileas, nº. 426, Praça dos Três Poderes, ao lado do Fórum, região central de Sinop. Todo material eletrônico inservível que depende de eletricidade para funcionar ou carregar, pode ser descartado (computadores, ventiladores, chapinhas de cabelo, panelas elétricas, micro-ondas, ar-condicionado e afins).

“Isso [campanha de recolhimento] é muito importante porque esses materiais possuem diversos componentes tóxicos em suas estruturas e, se descartados de maneira incorreta, seus resíduos podem contaminar o solo e os lençóis freáticos, e colocar em risco a saúde pública”, revelou, a responsável pela Comissão de Meio Ambiente da OAB, Jaqueline Juelg, sobre a importância do evento.

A secretária de Meio Ambiente, Ivete Mallmann, falou também da necessidade da conscientização da sociedade e o engajamento com ações desta natureza. “Agradecemos à direção da OAB pelo desenvolvimento dessa ação que é de suma importância para nossa cidade, mas, sobretudo, para o meio ambiente. Aproveitamos do momento para pedir à população o envolvimento nessa ação, trazendo os eletrônicos que porventura tenham em casa e que não sirvam mais, e consequentemente contribuam com a preservação do meio ambiente”.

Os materiais recolhidos serão comercializados à uma empresa ambientalmente licenciada. O valor arrecadado será destinado à uma entidade representativa a ser definida posteriormente, junto com os parceiros da ação. A data final do projeto foi escolhido em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente comemorado no dia 5 de junho.