Bem vindo ao Visão Notícias - 26 de Maio de 2020 - 23:48

PREVENÇÃO

Servidores do Procon são imunizados contra a gripe

19 de Maio de 2020 ás 17h 49min, por Da Redação
Foto por Assessoria

Na manhã desta terça-feira, 19, os servidores do Procon foram imunizados contra a gripe. As cerca de 15 pessoas que trabalham no Órgão receberam a dose que protege contra a influenza A, que pode se apresentar e manifestar como H1N1, H3N2 e contra a Influenza B.

De acordo com a coordenadora municipal de imunização, Girlene Trentin, a vacina, que imuniza mais de um tipos de gripe ajuda, também, na prevenção ao novo coronavírus. “Como essa vacina imuniza contra, pelo menos, três tipos de gripe, acaba auxiliando na hora de fazer exame e detectar o coronavírus e diagnosticar pois todos são gripe forte”.

A diretora do Órgão, Juliana Torres Baptista, salienta que a medida visa proteger o servidor, mas também o consumidor. “Estamos tomando todos os cuidados necessários para mantermos a saúde dos dois lados. Respeitamos o período de quarentena fazendo atendimentos via plataformas digitais e telefone. Mantivemos o grupo de risco em casa e, ao retomarmos o atendimento ao público, começamos a trabalhar com horários agendados. Garantimos o uso de máscaras, a disposição de álcool em gel para todos e, ainda, colocamos uma proteção acrílica em todos os guchês”.

A vacinação contra a gripe é uma campanha do Ministério da Saúde e já está em sua terceira etapa. Em Sinop, aproximadamente, 20 mil pessoas já foram vacinas, entre eles, profissionais que trabalham na linha de frente no combate ao coronavírus, como profissionais da saúde, bem como militares e caminhoneiros que estão expostos à variações de cidades.

Até o dia 05 do próximo mês, a vacina é voltada para pessoas com deficiência, gestantes, puérperas, crianças de seis meses a menores de seis anos, adultos de 55 a 59 anos e professores das escolas públicas e privas, além dos profissionais considerados linha de frente no combate ao vírus. Após a data volta a esse grupo específico, a vacina estará liberada para a população em geral. As pessoas consideradas grupo de risco, que não receberam a imunização nas primeiras etapas, ainda poderão buscar as unidades de saúde do município para serem imunizados.