Bem vindo ao Visão Notícias - 24 de Fevereiro de 2020 - 01:57

Saúde

Médico da Cuiabá faz alerta sobre cuidados para se prevenir do coronavírus

31 de Janeiro de 2020 ás 15h 12min, por ComunicArte
Foto por Reprodução

De acordo com entrevista coletiva no Ministério da Saúde, em Brasília, na tarde de quinta-feira (30.01), no Brasil são 9 casos suspeitos do novo coronavírus 2019 n-CoV e em seis estados do País.

Conforme as informações da pasta, houve 43 notificações ao todo. Os dados são referentes ao período de 18 a 30 de janeiro de 2020. O novo vírus infectou 7,8 mil, matou 170 na China e chegou a outros 19 países.

Diante das preocupações que assolam também os brasileiros com a nova doença, o presidente do Hospital Beneficente Santa Helena (HBSH), Dr Marcelo Sandrin, faz um alerta para evitar a contaminação pelo Coronavírus que pode ter chegado ao país.
Segundo Sandrin, o melhor caminho para evitar a contaminação pelo vírus é lavar as mãos sempre. “O grande segredo é ensinar a população a se prevenir, para se a doença chegar aqui a gente possa reduzir ao máximo a quantidade de casos e mortes causados pelo coronavírus. E a lavagem das mãos tem um impacto muito grande na diminuição do risco de transmitir essa  doença”, disse.

O médico destaca ainda que a transmissão se dá por vias aéreas, por meio de gotículas. “Como essas gotículas são pesadas, ao tossir ou espirrar elas podem atingir até um metro e meio de distância. Mesmo assim o vírus fica sobre as superfícies e pode gerar a contaminação de quem tocar nessas superfícies”, comentou.

Sobre os sintomas, é recomendado a população que “se tiver febre, tosse ou dificuldade para respirar, dentro de um período de 14 dias após viagem para China ou contato direto com pessoa com caso confirmado de Coronavírus, deve buscar imediatamente um serviço de saúde”, alertou o presidente do HBSH.

Sobre o Coronavírus – Coronavírus é um vírus que tem causado doença respiratória pelo agente coronavírus, recentemente identificado na China. Os Coronavírus são uma grande família viral, conhecidos desde meados de 1960, que causam infecções respiratórias em serem humanos e animais. Geralmente, infecções por Coronavírus causam doenças respiratórias leves a moderadas, semelhantes a um resfriado comum. Alguns coronavírus podem causar doenças graves com impacto importante na saúde pública como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARG), identificada em 2002 e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), identificada em 2012.