Bem vindo ao Visão Notícias - 18 de Outubro de 2019 - 23:34

SAÚDE

CER capacita enfermeiros de Sinop e região sobre ostomia

10 de Outubro de 2019 ás 07h 55min, por Da Redação

O Centro Especializado em Reabilitação (CER) está ofertando, durante esta semana, nos dias 8, 9 e 10/10, uma capacitação sobre ostomia. Nos dois primeiros dias, o evento é destinado aos enfermeiros de Sinop e de mais 24 municípios vizinhos e, na última data, as orientações serão feitas diretamente aos pacientes que usam a bolsa de colostomia.

Conforme a Assistente Social do CER, Ana Maria Macedo, é muito importante que todos esses enfermeiros estejam aptos para realizar o procedimento como, também, para orientarem os pacientes e seus familiares nesta fase. “O CER sempre oferta esse tipo de capacitação, para que os pacientes realmente recebam dos profissionais de saúde a melhor orientação e com isso, passem a ter uma melhora na qualidade de vida. Afinal, é um processo realizado no pós operário, onde há uma rejeição muito grande”, frisa.

CER

A unidade vem se adequando desde 2017 a um sistema de protocolo de referência nacional, no intuito de ofertar melhorias nos serviços desenvolvidos dentro da unidade. Já no primeiro ano da gestão da prefeita Rosana Martinelli, com a implantação da modalidade, o CER aumentou o número de atendimentos em 142,77%, passando de 5.639 em 2016, para 13.690 em 2017.

Conforme exigência do protocolo aderido, todos os pacientes que iniciam o tratamento unidade passam por uma primeira avaliação com os multiprofissionais para que o então paciente receba uma terapia combinada entre os profissionais. Ou seja, um paciente ostomizado não terá, apenas, o acompanhamento de um médico gastroenterologista, mas também de um enfermeiro, um psicólogo, um nutricionista e ainda um assistente social. Já um paciente com lesões físicas terá o apoio de médico ortopedista, um enfermeiro, um psicólogo, um fisioterapeuta, um nutricionista, um assistente social e um terapeuta ocupacional. Para pacientes com necessidades auditivas, a equipe é formada por um fonoaudiólogo, um nutricionista, um otorrinolaringologista, um enfermeiro, psicólogo e um assistente social.

Atualmente, o CER conta com 40 servidores trabalhando no atendimento dos pacientes em reabilitação.