Bem vindo ao Visão Notícias - 25 de Maio de 2020 - 11:09

Câmara Sinop

Visera fiscaliza contrato e descobre que prefeitura pagou o dobro por placas de trânsito

13 de Maio de 2020 ás 07h 35min, por Roneir Corrêa - Assessoria de Comunicação
Foto por Assessoria

A contratação de uma empresa de Goiás para instalação de placas de identificação no município de Sinop foi alvo de criticas por parte do vice-presidente do legislativo, vereador Leonardo Visera (Patriota). Elas foram tecidas durante a 12ª Sessão Ordinária, realizada na tarde desta segunda-feira (11).

Através de fotografias expostas em plenário, Visera apontou erros na instalação das placas de identificação e preço acima do praticado pelo mercado local.

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes Urbanos aderiu a uma licitação pública realizada no município Anápolis, estado do Goiás, para realizar a contratação. Cada placa instalada custou aos cofres do município o valor de R$ 3.300,00.

Um orçamento feito pelo parlamentar em uma empresa do município apontou que a Prefeitura de Sinop economizaria cerca de R$ 1.500,00 por unidade adquirida caso optasse por uma licitação própria.

“Cada local são instaladas duas unidades, sendo R$ 6.600,00 por localização. Liguei para uma empresa idônea do nosso município e pedi um orçamento. Sabe quanto ficaria se essas placas fossem feitas em Sinop? R$ 1.800,00 cada, quase a metade do preço”, expressou.

Visera questionou também a motivação de se aderir a uma ata de outro município. “Porque fazer uma adesão de uma ata de Anápolis de Goiás, favorecendo uma empresa de fora? Porque não valorizar empresas de nosso município?”, indagou.

Além disso, o parlamentar ainda criticou o serviço praticado pela empresa, citando erros na montagem do produto. “Essas placas mostram o destino da Praia do Cortado. Todos nós sabemos que aquela área foi indenizada pela usina e que não pode ser utilizado pela população. Então qual a serventia dessa placa no centro da cidade? Outras placas apontam a localização da Catedral, por exemplo, fazendo conversão sentido município de Itaúba e você está lá na avenida dos Jequitibás”.

O parlamentar informou que fará um requerimento e encaminhará à pasta de trânsito a fim de levantar mais informações sobre a contratação.

“Há necessidade tantos outros instrumentos no trânsito da cidade, mais urgentes, como faixas elevadas, sinalização, sinaleiros e dão prioridade para placas indicando localização inexistente? Não entendo! Farei um requerimento para levantar mais informações sobre esta contratação”, finalizou.