Bem vindo ao Visão Notícias - 18 de Março de 2019 - 18:15

Dança das Cadeiras

Martinelli cede a pressão de vereador e demite Josi Palmasola da Secretaria de Assistência Social

11 de Março de 2019 ás 21h 57min, por Visão Notícias
Foto por Visão Notícias

A dança das cadeiras na gestão da prefeita Rosana Martinelli (PR) não para. A bola da vez é a secretaria de Assistência Social Trabalho e Habitação, Josi Palmasola, que por sinal, tornou a secretaria organizada e com uma das melhores equipes de trabalho. Após uma insistência e pressão de todos os lados, por parte de alguns políticos, a pasta foi entregue ao vereador Ademir Debortoli. O anúncio foi feito pelo próprio parlamentar durante a sessão desta segunda-feira (11).

Ademir era um dos lideres de Rosana na Casa e agora se afasta para que o suplente Mauro Garcia se aposse de sua cadeira e se torne o novo “líder”. A manobra é para que Rosana possa ter uma Câmara com a maioria, já que como dizem, Garcia teria o “poder” de manipular a mente dos colegas de Legislativo.

Relembrando recentemente a pasta da Sedec (Secretaria de Desenvolvimento Econômico) que estava sendo ocupada interinamente por Daniel Bruolese foi dada ao vereador Billy Dal’Bosco. Em seu lugar tomou posse o suplente Agnaldo do Alto da Glória, esta seria a primeira manobra.

Quanto a ida de Ademir para a secretaria pode ser um tiro no pé da administradora do município. As más línguas dizem nos corredores da Câmara que assim que Ademir assumir, ele deva trocar de partido (MDB) e pleitear uma vaga para a majoritária nas próximas eleições. Outros dizem que Rosana está fazendo esse jogo para se candidatar a reeleição e ter o apoio de Ademir, o que deva não acontecer.

Uma coisa é fato, Rosana mais uma vez traiu os princípios de amizade e lealdade. Como dizem o lobo se veste de ovelha para “comer” as ovelhinhas. Agora vamos saber se o novo gestor da pasta terá a mesma capacidade de administra com tão pouco recurso ou está tentando pegar carona agora que o Residencial Nico Baracati deve sair do sonho das fantasias para poder ganhar alguns votos.

Se as prenuncias ou as conversas de corredores na Câmara acertarem e realmente Ademir for para a candidatura da majoritária (candidato a prefeito) quem deverá assumir a pasta?, já que ele deverá deixar o cargo. Outro ponto é, e os assistidos, pessoas carentes que necessitam de uma casa organizada, como ficam?

As vezes o ego fala mais alto e para alcançar o “PODER”, pode levar um caminho não tão bom e quem vai “pagar o pato” é a sociedade que fica no meio dessa briga de interesse.