Bem vindo ao Visão Notícias - 24 de Outubro de 2020 - 04:58

NO DIA DOS PROFESSORES

Juarez Costa coloca em seu plano de governo melhorias na educação

15 de Outubro de 2020 ás 08h 34min, por DA REDAÇÃO
Foto por Assessoria

Vencer os desafios da educação é uma das tarefas mais complexas de um gestor municipal e de todos que atuam no setor de ensino e aprendizagem. Os professores vivem no universo educacional e enfrentam dia após dia a difícil, mas gratificante tarefa de compartilhar com crianças e jovens os conhecimentos que não mudam apenas a vida dos estudantes, mas de toda família, do município e da própria nação. “Eu sei o papel fundamental do professor na vida de cada um de nós. Cada um que cresceu na vida dependeu de um professor”, diz Juarez. 

Segundo Juarez, foi para ele “um privilégio conviver os oitos anos com os professores”, período em foi prefeito de Sinop. Admitiu que o início foi marcado por algumas dificuldades, “mas depois tivemos muitas felicidades”, acrescentou. Lembrou que construiu 11 escolas e três creches em sua gestão, vai construir mais duas grandes escolas, mais três creches e que colocou ar condicionado em 100% das escolas.

Investir na qualificação dos professores é um dos pontos altos do plano de governo na educação. Juarez Costa pretende fazer gestões junto às universidades, UFMT e UNEMAT, para a criação de cursos de Mestrado e Doutorado voltados à educação e com isso elevar o padrão de formação dos professores, “para que todos da rede possam alcançar o grau de mestre”. Vai ainda formalizar com a UNICEF e UNESCO um termo de cooperação técnica de intercâmbio de experiências e capacitações de professores em Educação Integral.

Sabe-se que países com um sistema educacional sólido são também avançados na ciência, na tecnologia e na qualidade de vida de sua população. Este “o nosso desafio”, disse Juarez, caminhar em direção do atendimento de todos os alunos, com ensino de qualidade, escolas estruturadas, com atendimento inclusive às crianças com problemas de aprendizagem.

Segundo o plano de governo de Juarez, “a escola será um dos centros de vivência da comunidade e para isso será norteada pela sua autonomização, comunitarização, qualificação, descentralização, integração, produtividade qualitativa e quantitativa, facilitando em todas as suas formas a acessibilidade ao conhecimento em sua diversidade”.