Bem vindo ao Visão Notícias - 21 de Maio de 2019 - 07:30

Política

Após reclamações contra Energisa e Vivo vereadores protocolam ofício no MP e órgão fiscalizado

08 de Março de 2019 ás 06h 53min, por Poliana Chaves
Foto por Everton Tibalde

O requerimento também foi protocolado na sede da Energisa em Cuiabá. O documento pede que sejam detalhadas as tarifas cobradas na fatura e ações urgentes para melhorias nos serviços de energia elétrica. 

Serviço considerado essencial, a energia elétrica tem sido alvo de centenas de reclamações em Nova Mutum e grande parte da região norte. A Energisa Mato Grosso – Distribuidora de Energia S.A., empresa responsável pelo abastecimento no estado, tem sido criticada pela população. Muitos contribuintes tem procurado o Legislativo Municipal para fazer queixas contra a empresa, pela má qualidade e pela falta dos serviços prestados em algumas localidades e pela cobrança de tarifas, que o contribuinte desconhece e que encarece a fatura. 

O assunto foi levantado pelos vereadores durante sessão ordinária, e um requerimento foi aprovado pela Casa. O presidente da Câmara, Altair Albuquerque, foi até sede da Energisa em Cuiabá e protocolou o documento encaminhado ao diretor presidente da empresa em Mato Grosso, Riberto José Barbanera, e a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL, com cópia ao prefeito municipal, Adriano Xavier Pivetta. 

O documento requer esclarecimentos de forma detalhada, das tarifas que compõem a conta de energia e repassado ao consumidor; ele também pede que seja disponibilizado leis e resoluções, bem como, a base de cálculos utilizadas para embasar e justificar o valor por quilovolts incidentes nas faturas e que sejam providenciados projetos e obras que autorizam expansão ou melhorias na rede de alta e baixa tensão, tanto no perímetro urbano como no rural, nos limites do município de Nova Mutum.

Altair juntamente com os vereadores Lucas Badan, Airton Pessi e Romeu Belém, também estiveram na AGER – Agencia Estadual de Regulação, instituição responsável pela fiscalização do serviço de distribuição de energia elétrica, e protocolaram o requerimento.

Além das reclamações contra a Energisa, o Legislativo Municipal também tem recebido muitas queixas contra a Vivo, empresa de telefonia e internet. A péssima qualidade do sinal tem dificultado a comunicação entre os usuários, causando constrangimentos e até prejuízos, para quem depende do serviço para trabalhar.

Diante disso, com apoio de todos os vereadores da Câmara de Nova Mutum, as reclamações dos serviços da Vivo e Energisa, também foram levadas ao Ministério Público, em esfera estadual e federal, por meio de ofício.