Bem vindo ao Visão Notícias - 28 de Novembro de 2020 - 12:32

ELEIÇÕES 2020

15 mulheres são eleitas prefeitas em MT e vão ocupar cargos; número é o mesmo que o de 2016

16 de Novembro de 2020 ás 17h 39min, por G1 MT

A quantidade de mulheres eleitas prefeitas nestas eleições em Mato Grosso é exatamente a mesma que a das últimas eleições municipais de 2016. Neste domingo (15), 15 mulheres foram eleitas para comandar prefeituras no estado a partir de janeiro de 2021.

O número representa 10% do total de eleitos do sexo masculino.

Nos maiores municípios, os vencedores são homens e alguns substituíram prefeitas mulheres, como em Várzea Grande e Sinop, onde Kalil Baracat (MDB) foi eleito para a sucessão de Lucimar Campos (DEM) e Roberto Dorner (PDT) irá ocupar a cadeira no lugar de Rosana Martinelli (PR), respectivamente.

Em Rondonópolis, Tangará da Serra, Barra do Garças, Sorriso, Lucas do Rio Verde e Alta Floresta, os candidatos eleitos também são do sexo masculino.

Veja a lista das mulheres eleitas:

Marilda Sperandio (DEM) foi eleita prefeita de Alto Taquari com 50,83% dos votos. Foram 2.686 votos no total. A eleita tem 60 anos, é casada, tem superior completo e é professora. O vice dela é Seu Dino, do PSD, de 76 anos.

Seluir Peixer (PSDB) foi eleita prefeita de Aripuanã, com 3.057 votos (37,44%). Ela tem 56 anos, é casada, tem superior completo e é empresária. O vice dela é Luciano da Panjet, do Patriota.

Margareth de Munil (PSDB) foi eleita prefeita de Barão de Melgaço com 46,75% dos votos. Obteve 2.353 votos ao todo. Ela tem 48 anos, é solteira, tem superior completo e declarou ao TSE a ocupação de geógrafa. Ela já foi vereadora e vice-prefeita. O vice dela é Victor Hugo, também do PSDB.

Eliene Liberato (PSB) obteve 38,16% dos votos e foi eleita prefeita de Cáceres (MT). Ela tem 52 anos, é casada, tem superior completo e professora de ensino médio.

Carmen Martines, do DEM, foi eleita prefeita de Carlinda com 90,16% dos votos - 4.646 votos no total. Ela tem 44 anos, é casada, tem superior incompleto e declara ao TSE a ocupação de prefeita. Ela tem um patrimônio declarado de R$ 2.882 milhões. O vice dela é o Pastor Fernando, do PSC.

Maria Lucia Porto (PL) foi reeleita prefeita de Conquista D’Oeste teve 55,82% dos votos. Foram 1.218 votos no total. Ela tem 46 anos, é divorciada, tem superior completo e declara ao TSE a ocupação de prefeita. O vice dela é Daniel, do Solidariedade.

Gheysa Borgato, do PSD, foi eleita prefeita de Glória D'oeste (MT) com 50,57% dos votos. Obteve 1.113 votos no total. Ela tem 37 anos, é casada, tem superior completo e declara ao TSE a ocupação de dono de casa. Ela tem um patrimônio declarado de R$ 1.276.048,37. O vice é dela é Ivani, do PSD.

Andreia Wagner (PSB) foi eleita prefeita de Jaciara (MT) com 47,97% dos votos. Foram 6.754 votos no total. Ela tem 45 anos, é casada, tem superior completo e é empresária. Ela tem um patrimônio declarado de R$ 416.987,51. A vice é Zila, do PSB.

Marilza de Oliveira (MDB) foi eleita prefeita de Nova Brasilândia (MT). Ela teve 73,63% dos votos (2.097 votos no total). Marilza tem 49 anos, é casada, tem superior completo e é empresária. Ela tem um patrimônio declarado de R$ 1.196.234,29. O vice dela é Rosivan Campos, do DEM.

Luzia Nunes Brandão (Solidariedade) foi reeleita prefeita de Ribeirão Cascalheira. Teve 1.711 votos (35,04% dos votos). Ela foi eleita em 2019 durante eleição suplementar após cassação de prefeito eleito. Ela tem 41 anos, é solteira, tem ensino médio completo e declara ao TSE a ocupação de prefeita. A vice dela é a professora Isabel, do PT.

Jo Soares de Sousa (PSD) foi eleita prefeita de Santa Cruz do Xingu com 58,94% dos votos- 791 votos no total. Jo tem 40 anos, é solteira, tem ensino médio completo e atualmente é vereadora. O vice é Jair Silverio, do PSDB.

Francieli Magalhães de Arruda (PTB) foi eleita prefeita de Santo Antônio do Leverger com 43,84% dos votos. Ela tem 31 anos, é solteira, tem ensino médio completo. Ela tem um patrimônio declarado de R$ 477.296,41. A vice é Giseli Ribeiro, do PDT.

A advogada Janailza Taveira Leite (Solidariedade) foi eleita prefeita de São Félix do Araguaia com 47,53% dos votos. Foram 2.540 votos no total. Ela tem 38 anos e é casada.

Inês Coelho, do DEM, teve a maior votação em Torixoréu (MT). Ela, no entanto, está sub judice e aguarda decisão da Justiça Eleitoral para ter a confirmação se será ou não eleita pelos próximos quatro anos. Inês Coelho teve 51,61% dos votos. Foram 1.392 votos no total.

Ana Maria Urquiza Casagrande (Patriota) foi eleita prefeita de Nova Maringá com 30,66% dos votos. Foram 890 votos no total. Ana tem 62 anos, é viúva, tem superior completo e declara ao TSE a ocupação de produtora agropecuária. Ela tem um patrimônio declarado de R$ 1.673.345,49.