Bem vindo ao Visão Notícias - 23 de Maio de 2019 - 07:23

Remarcada

Reconstituição da briga e morte de empresário paranaense é adiada em Sinop

13 de Março de 2019 ás 07h 26min, por Visão Notícias
Foto por Divulgação

A reconstituição da morte do empresário paranaense Edmilson Martins de Lima, de 38 anos, depois de uma briga de trânsito em Sinop envolvendo um policial militar, deu início na noite desta terça-feira (12) mas foi interrompida devido à chuva que caiu durante a noite.

O delegado da DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa) Carlos Eduardo confirmou que os trabalhos retornam na próxima quinta-feira (14) as 19h30. Um aparato com vários policiais foi usado para auxiliar nos trabalhos. A avenida principal do município foi interditada e uma grande área isolada.

Além dos delegados, Ugo Reck, plantonista no dia do crime, o delegado Carlos Eduardo, advogados do policial, testemunhas e o comandante do Batalhão da PM em Sinop, major Vitor Prado estava na reconstituição.

Das quatro testemunhas que seriam ouvidas para esclarecer como teria acontecido a briga e morte do empresário, apenas uma conseguiu responder questionamento por parte de peritos da Politec em Sinop.

A briga aconteceu no domingo (24) do mês de fevereiro em um posto de combustível na Avenida Júlio Campos. O suspeito seria um policial militar.

De acordo com testemunhas o resultado do crime iniciou de uma discussão no trânsito. A vítima, condutora de uma Toyota SW4, de cor branca teria 'fechado' a frente de uma GM S10 conduzida pelo militar, identificado por Jhonatan Ulyces de 28 anos. Em determinado momento os dois saíram dos carros e começaram a briga. O policial sacou de uma arma e efetuou um disparo de pistola calibre 380.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e ao realizar os procedimentos identificaram que Edmilson não teria mais sinais vitais.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) para as providências cabíveis. O suposto policial se apresentou na  Delegacia de Polícia Civil e liberado.