Bem vindo ao Visão Notícias - 22 de Julho de 2018 - 3:29
Variedades
26/01/2018 - 18:40h
Videoclipe da drag Sarah Mitch ultrapassa 15 mil views em uma semana no Youtube
Fonte: Rodivaldo Ribeiro

A chamada Madonna brasileira Sara Mitch comemora nas mídias sociais o mais recente feito de sua carreira de 18 anos (completados em 2017): o videoclipe homônimo de seu primeiro disco, Chacoalhada, ultrapassou as 15 mil visualizações em apenas seis dias no ar somente no YouTube, além de ir muito bem no Facebook.

Mais famosa drag queen do Estado, conhecida em todo o país, marcou a maioridade de sua carreira com o lançamento de Chacoalhada em outubro do ano passado, exclusivamente em todas as plataformas digitais.

Divulgação

Sara Mitch

Disco de Sara Mitch é recheado de participações especiais e celebra 18 anos de carreira

No clipe, a cantora meio que segue a tendência da música pop mundial: ela caminha na praia em roupas sumárias, dança sensualmente, movimentos de câmera a seguem enquanto rola na água, na areia, nas pedras, saindo do mar com uma prancha de surfe.

O álbum é composto por oito músicas e traz um mix de ritmos pop brasileiros vertidos para canções totalmente autorais, além de contar com a participação de vários artistas cuiabanos, entre os quais as cantoras Ana Rafaela (ex-The Voice Brasil) e Azul e o rapper Linha Dura. Todas as músicas foram compostas por Sarah.

A inspiração veio das divas pop do fim dos anos 90, começo dos 2000, como Britney Spears, Christina Aguilera e, claro, a antecessora de todas elas, Madonna.

Como na letra de Chacoalhada, a drag fala sobre como se colocar frente ao mundo, algumas questões sociais ligadas aos LGBTT e, claro, muita diversão, relacionamentos e até mesmo a ligação com a mãe.

O primeiro trabalho gravado dela foi o single Bad Girl in Love, lançado em 2013. Essa canção se juntou a outras quatro e foi relançado em formato de EP, batizado de I Am a Man, já no ano de 2015. Ano passado, ela produziu o videoclipe de Body Shakin, carregado de polêmicas devido às imagens carregadas de sensualidade LGBT e referências religiosas.


Cadastro de Opinião
Nome:
E-mail:
Mensagem:
Blog's
Curta Nossa Fan Page

© 2018, visão notícias O seu portal de informação