Bem vindo ao Visão Notícias - 11 de Dezembro de 2017 - 19:09
Variedades
30/09/2017 - 14:23h
Cuiabano que vive na Europa há dez anos faz sucesso como ator na Espanha
.
Foto por: DIVULGAÇÃO
Fonte: Isabela Mercuri - Olhar Direto

Foi há dez anos que o ator Royer Matos, hoje com 31, decidiu sair de Cuiabá para tentar ganhar a vida na Europa. Depois de trabalhar como cabeleireiro, em empresas de turismo, serviços e transportes, atualmente ele consolidou uma carreira nas artes na cidade costeira de Málaga, no sul da Espanha, tendo participado inclusive de séries de televisão.

Leia também:
Cine Teatro inaugura sala para espetáculos com peças e curta-metragem; veja programação
 
Royer nasceu no Hospital Geral Maternidade, em Cuiabá, e foi aqui que se apaixonou pelas artes cênicas. “Por mais que eu só tenha começado a desenvolver nas artes cênicas com 17 anos, eu sempre gostei de teatro. Desde a [escola] primaria, eu já participava de todos os eventos educativos em obras teatrais estudantis”, conta.
 
Foi aqui também, na Universidade Federal de Mato Grosso, que ele se formou em Música, e teve o primeiro contato com disciplinas voltadas para a expressão corporal e as artes cênicas  “[Foi] onde conheci minha primeira diretora, a professora Simone Pompeo (Compañia Teatral Matogrossense Terceiro Sinal)”.
 
Há dez anos, então, em 2007, ele decidiu que queria conhecer outras culturas e outras formas de viver a vida, sem deixar de lado a paixão pelo palco. Foi para a Espanha trabalhar, e por muito tempo teve outros ofícios que não o de ator. Apesar das dificuldades, ele continou estudante. “Quatro anos depois me formei como Professor de primaria com especialidade em Educação Musical pela Universidade de Málaga e também como Ator pela escola cênica Artesanos de la Escena”, conta.
 
Junto aos estudos e ao trabalho para seu sustento, Royer continuou participando de cursos intensivos, workshops e conferências relacionadas ao mundo do audiovisual. Dentre elas, estão por exemplo "Desenvolvimento de Escenografía" pelo Projeto Europeo de Investigação, "Atuação para Televisão" com o diretor Flávio Guedes, "Criação de Personagens" com o autor de "Boogie Oogie" Rui Vilhena, "Atuar no Cine e Gerir Carreira" com o diretor Wallace Meireles e a atriz Rhafaela Castro, entre outro cursos. 
 
Os palcos também foram seu refúgio desde o início, o que lhe ajudou, inclusive, a ganhar fluência no espanhol. Em Málaga, ele integrou a companhia da Universidade, e também outra companhia chamada Chelamar.
 
Há dois anos, em 2015, o cuiabano foi convidado pelo diretor e ator Roberto Cordovani para integrar a companhia teatral Arte Livre, com quem viajou para Lisboa, em Portugal. Na televisão, interpretou o personagem João Constanza na serie "Centro Médico" da TVE na Espaha e ‘Rafa’ na serie "Inspetor Max", da TVI, em Portugal.

 
“A maior dificuldade de qualquer profissional é a inserção no mercado de trabalho, comigo não foi diferente. Enfrento diariamente o desafio de conseguir um espaço como ator em diferentes produções audiovisuais. Nada do que eu fiz veio facilmente, tudo foi fruto de muito esforço e muita luta”, contou o ator ao Olhar Conceito. Segundo ele, no entanto, ser brasileiro ajudou. “Ser brasileiro sempre é um ponto positivo quando você está fora. Com isso, Não quero dizer que o fato de ser brasileiro facilitará, por exemplo, a tua entrada no mercado de trabalho. Porém somos conhecidos no mundo como um povo alegre, simpático e trabalhador. Queira ou não são pontos positivos para conectar com o resto do mundo”.
 
Apesar de sentir falta de casa, Royer explica que voltar para cá dependeria de condições que não estão a seu alcance. No entanto, ele afirma que é possível desenvolver uma carreira na capital mato-grossense. “Cuiabá é uma cidade maravilhosa e tem centros universitários e profissionalizantes de alta qualidade. Com isso quero dizer que uma pessoa pode chegar a ser um grande profissional sem sair da capital Matogrossense. Porém, se esse jovem achar que fora terá mais oportunidades de crescimento, então deve ir a luta e alcançar seus objetivos sem medir esforços. Sempre digo que quem luta, alcança”, finaliza.
 


Cadastro de Opinião
Nome:
E-mail:
Mensagem:
Blog's
© 2017, visão notícias O seu portal de informação