Bem vindo ao Visão Notícias - 16 de Agosto de 2018 - 16:55
Política
09/02/2018 - 11:10h
Adenilson solicita recursos para redes de fibra óptica no estado
Fonte: Assessoria

A internet vem se tornando uma ferramenta cada vez mais indispensável e importante em diversos contextos de nossa sociedade e vem se tornando cada vez mais essencial no dia a dia das pessoas, e em diversos contextos: acadêmico, domiciliar e empresarial. Quando o assunto é internet é Internet Fibra Óptica, ela se torna sinônimo de eficiência, praticidade na vida moderna. 

Para o vereador Adenilson Rocha, a parceria entre governo do estado e provedores regionais, possibilitaria a expansão da internet para todo o estado. “É de fundamental importância a criação de uma infraestrutura por parte do estado para atender a região norte com internet de alto desempenho e agilidade. Através de um projeto simples que pode ser realizado através de parcerias com provedores regionais. Isso já acontece em outros estados como Rio de Janeiro, Paraíba e Pará”, comentou Adenilson. 

O ofício solicitando a destinação de recursos financeiros ao Estado, foi entregue ao vice-governador Calos Fávaro na manhã desta sexta-feira (09) em Sinop.

Rocha destacou também que o governo do estado irá se beneficiar com tal investimento. “O estado ganha melhor agilidade e segurança nos atendimentos e serviços para a sociedade. Como vereador e empresário do ramo de tecnologia da informação, estou sendo procurado por empresários que querem expandir redes de internet, mas precisam do subsídio do estado para levar fibra óptica para cidades mais afastadas. Quanto mais se investe em tecnologia, mais a sociedade se beneficia”, finalizou o vereador. 

Criação de uma ‘espinha dorsal’ de Fibra Óptica 

A rede composta por um cabo com 72 fibras, sairia de Cuiabá, passando por diversas cidades como Jangada, Rosário Oeste, Nobres, Nova Mutum, Lucas, Sorriso, Sinop, Itaúba, Terra Nova do Norte, Peixoto de Azevedo, Matupá, até chegar em Guarantã do Norte. Outra rede saindo de Sinop passando por Porto dos Gaúchos, Novo Horizonte, Juína e Tabaporã. 

As cidades maiores poderão ter uma rede interna interligando os órgãos estaduais, federais, municipais e outras instituições voltadas para as pesquisas, atendendo assim toda a gestão pública. 

O projeto visa o compartilhamento da infraestrutura de redes com provedores regionais, para que os mesmos possam oferecer serviços a custo menores e com mais qualidade na transmissão de dados aos usuários finais de internet e telefonia, elevando o nível da comunicação do Estado.


Cadastro de Opinião
Nome:
E-mail:
Mensagem:
Blog's
Curta Nossa Fan Page

© 2018, visão notícias O seu portal de informação