Bem vindo ao Visão Notícias - 22 de Setembro de 2018 - 12:15
Política
24/12/2017 - 16:27h
Jaime diz que Leitão esta insatisfeito com o atual gestão e poderá dificultar reeleição de Taques
Ex-senador analisa crise de relação entre governador e deputado federal e defende entendimento...
Fonte: Midia News

O vice-presidente do Democratas (DEM), ex-senador Jaime Campos, defendeu que o governador Pedro Taques (PSDB) amenize a insatisfação que existe dentro do tucanato em relação a sua gestão, antes de se lançar a candidato a uma eventual reeleição.

 

Em entrevista, Jaime disse acreditar que, na atual situação, Taques teria dificuldades para passar em uma convenção – momento em que se escolhem os candidatos.

 

“O governador tem que buscar, urgentemente, um entendimento na direção do partido aqui no Estado. Há uma insatisfação no partido, sobretudo, na pessoa do [deputado federal] Nilson Leitão. Acho que, hoje, o Pedro teria muita dificuldade, até mesmo, de atravessar a convenção, porque há mais contras que a favor”, disse o ex-governador.

 

Ele vai ter que sentar, organizar a casa para, então, ir a campo. Caso contrário, ele terá muita dificuldade

“É um assunto que eles vão ter que discutir no PSDB. Ele vai ter que sentar, organizar a casa para e então, ir a campo. Caso contrário, ele terá muita dificuldade”, completou.

 

Jaime Campos disse ter conversado, por telefone, com Nilson Leitão. O tucano, que recentemente deixou o comando estadual do PSDB, teria lhe revelado uma insatisfação em relação à gestão de Taques, em alguns setores, e a falta de espaço aos tucanos.

 

Outro fator que pesa é a pré-candidatura de Leitão ao Senado. Taques defende que, se ele for à reeleição, o espaço seja dado a outros partidos.

 

“Algumas vezes, o partido não quer nem cargo, mas quer ser ouvido. E a impressão que dá é que o PSDB está escanteado. Conversei com o Nilson e ele disse que está muito insatisfeito com a interface do governo com o PSDB”, afirmou Jaime.

 

Crise de relacionamento

 

A pré-candidatura de Nilson Leitão ao Senado e suas críticas à situação da Saúde no Estado foram o pivô de uma crise de relação entre ele e o governador Pedro Taques.

 

O governador teria visto a eventual candidatura do parlamentar como prejudicial ao seu projeto de reeleição, tendo em vista que o PSDB abrigaria dois nomes em chapas majoritárias em 2018.

 

Taques chegou a cogitar deixar o PSDB, segundo informações de bastidores.

 

“Recebi [a informação sobre a possível saída de Taques] como um posicionamento momentâneo. Não acredito que essa seja a vontade dele. Talvez seja algo colocado naquele momento", disse Leitão, em um evento do PSDB.


Cadastro de Opinião
Nome:
E-mail:
Mensagem:
Blog's
Curta Nossa Fan Page

© 2018, visão notícias O seu portal de informação