Bem vindo ao Visão Notícias - 19 de Novembro de 2017 - 1:03
Política
05/09/2017 - 09:40h
Com possível inchaço, DEM não cogita candidatura ao governo do Estado
.
Fonte: Luiz Esmael 3poderes

Mesmo na expectativa de filiação em massa de dissidentes do PSB ao DEM, o presidente da sigla Dilmar Dal Bosco (DEM) reafirmou o compromisso do partido no projeto político do governador Pedro Taques (PSDB), que já anunciou que irá tentar a reeleição. Segundo ele, mesmo com a perspectiva do DEM crescer com a chegada de novos filiados e políticos com cargos eletivos, por enquanto, não muda nada em relação ao projeto político-partidário de 2018, ano das eleições gerais.

Presidente do DEM, Dilmar Dal Bosco - crédito: Web Ilustrativo

Presidente do DEM, Dilmar Dal Bosco – crédito: Web Ilustrativo

O ex-governador e ex-senador Jaime Campos é o nome mais cotado para encabeçar uma disputa a uma das duas vagas de Mato Grosso ao Senado Federal. Neste caso, Campos seria um dos candidatos na chapa majoritária liderada por Pedro Taques, que contaria com apoio de mais de 12 partidos entre eles, DEM, PSD, Solidariedade, PSC entre outros.

“Por enquanto, mesmo com a possível filiação dos dissidentes do PSB, não muda nada o projeto e compromisso do DEM para o ano que vem. Só temos que reafirmar o nome do senador Jaime Campos e encabeçar uma disputa à senatoria. O DEM faz parte do projeto do governador Pedro Taques”, disse Dal Bosco.


Cadastro de Opinião
Nome:
E-mail:
Mensagem:
Blog's
© 2017, visão notícias O seu portal de informação