Bem vindo ao Visão Notícias - 22 de Setembro de 2018 - 6:01
Polícia
10/07/2018 - 12:08h
Politec de Sorriso diz que corpos achados em fazenda podem ser sepultados como indigentes
Foto por: Portal Sorriso
Fonte: Portal Sorriso

Após a Polícia Civil divulgar os supostos nomes dos três homens encontrados amarrados em uma fazenda entre Itanhangá e Tapurah, no dia 17 de junho, a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) de Sorriso informou, ao Cidade Alerta, que não há identificação oficial.

Os corpos ainda estão no Instituto Médico Legal (IML) de Sorriso, aguardando o laudo do exame de DNA que vai confirmar as identificações.

O gerente regional da Politec de Sorriso, Ediel de Castro Souza, informou que os corpos podem ser enterrados como indigentes na próxima semana, caso não apareçam familiares.

 “Só temos o documento de uma pessoa. E precisamos confrontar para identificar, pois os corpos estavam em estado de decomposição avançado. Duas vítimas tinham digital, que a gente chama de luva. Devemos esperar até a próxima semana. Senão, os corpos podem ser enterrados como indigentes”.

A Polícia Civil supõe que os homens mortos sejam Cláudio Abel, José Carlos Morais Ferreira e Gilmar da Silva Neris. Porém, não há confirmação oficial de que realmente essas sejam as vítimas.

Quando encontrados, os corpos tinham sinais de que houve execução com tiros na cabeça.


Cadastro de Opinião
Nome:
E-mail:
Mensagem:
Blog's
Curta Nossa Fan Page

© 2018, visão notícias O seu portal de informação