Bem vindo ao Visão Notícias - 19 de Julho de 2018 - 24:14
Polícia
15/05/2018 - 14:10h
Policiais militares salvam criança de afogamento e mãe celebra ‘renascimento’ da filha
A ação de socorro mobilizou cinco policiais militares.
Foto por: Assessoria
Fonte: Assessoria

Até o início da noite da última sexta-feira(11.05) a dona de casa Jaqueline Amaral Medeiros, moradora de Várzea Grande, não imaginava o quanto seu Dia das Mães seria especial este ano e o quão agradecia estaria com os policiais militares do 25º Batalhão que fazem o policiamento da região do Parque do Lago, onde ela mora.

Em uma ação de socorro que mobilizou cinco policiais, a filha caçula de Jaqueline, Ester Vitória, de um ano e três meses, foi salva de afogamento. A menina caiu na piscina da casa da família e já estava desacorda e roxa quando o salvamento aconteceu.

A primeira guarnição que atendeu aos apelos do pai de Ester, Edvaldo Teixeira, era composta pelo sargento Tenutes e o soldado Soleto. Na calçada, deitada sobre o tapete do carro, a menina recebeu os primeiros socorros. Em seguida, a equipe comandada pela tenente Karen, da qual faziam parte os soldados Prestes e Bruno Felipe, reforçou o socorro.

Jaqueline conta que estava preparando o jantar quando a filha caiu na piscina. Ela não viu o acidente, mas acredita que o portão que separa a piscina da outra parte da casa não foi travado devidamente e Ester conseguiu passar. “Meu marido a encontrou boiando, inchada e roxa. Fiquei paralisada, o desespero tomou conta de mim, e ele saiu no carro com ela para o hospital”, relata. No caminhou, continua a mãe, ele pediu ajuda aos policiais que estavam em uma viatura na pracinha perto de casa. “Foi por Deus que estavam ali”, completa.

Uma segunda viatura, comandada pela tenente Karen, chegou no local segundos depois. Já com a menina dentro da viatura a tenente seguiu fazendo massagem cardíaca até o hospital. Ester voltou a respirar depois de eliminar grande quantidade de água pela boca, porém em seguida perdeu a consciência novamente. A tenente relata que durante o trajeto até a UPA a menina acordou e desmaiou várias vezes antes de estabilizar o pulso.

Jaqueline diz que tem certeza que o conhecimento e a rapidez da ação dos policiais foram fundamentais no socorro. “Não dava tempo de esperar pelo Samu. Os policiais ligaram a sirene, as luzes e saíram abrindo caminho no trânsito. Devo a vida da minha filha primeiramente a Deus e depois aos policiais, serei eternamente agradecida as eles”, disse.  

A partir de agora, conforme Jaqueline, 11 de maio será celebrado como a data do renascimento de Ester, um novo aniversário dela. “Minha filha está bem, sem qualquer sequela”, repete Jaqueline.

No final da manhã desta segunda-feira(14.05), os policiais fizeram uma visita a pequena Ester e ouviram os agradecimentos da família. Para a tenente Karen, a maior recompensa é ver a menina bem, saudável. “Na hora tudo o que eu conseguia pensar era em salvar, salvar a vida daquela criança. Saber que ela está bem é nossa melhor recompensa”, disse a tenente depois da visita. 


Cadastro de Opinião
Nome:
E-mail:
Mensagem:
Blog's
Curta Nossa Fan Page

© 2018, visão notícias O seu portal de informação