Bem vindo ao Visão Notícias - 27 de Abril de 2018 - 5:31
Polícia
16/04/2018 - 08:30h
Novas viaturas vão reforçar segurança pública em Mato Grosso
Governo Federal disponibilizou quatro novas caminhonetes para a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros
Fonte: Assessoria

Mato Grosso recebeu do Governo Federal R$ 548 mil em investimentos para a segurança pública. O recurso foi destinado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), órgão vinculado ao Ministério Extraordinário de Segurança Pública. Com o montante, foram adquiridas quatro caminhonetes Ranger, sendo repassadas três para a Polícia Militar e uma para o Corpo de Bombeiros Militar. Cada unidade custou R$ 137 mil.

Os veículos já estão no pátio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) e a entrega para as forças de segurança será realizada nesta segunda-feira (16.04). Ainda no mês de maio, outros três veículos modelo sedã serão entregues para a Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Gustavo Garcia, destaca que os recursos são resultados de um diálogo próximo junto ao Governo Federal. “É uma parceria muito importante, que permite novas frentes de investimentos para o Estado. A Sesp tem mantido um diálogo permanente com o Ministério da Segurança Pública para avançarmos ainda mais. O recurso contribui para o melhor atendimento à população e aos servidores”.

Em abril deste ano, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado entre o Ministério Público, por meio da 9º Promotoria de Justiça Cível da Comarca de Cuiabá, e a Secretaria de Estado de Segurança Pública, destinou R$ 1 milhão para ser investido no Corpo de Bombeiros Militar e no Grupo Especial de Segurança de Fronteira (Gefron). O recurso é proveniente de uma ação penal e será utilizado para a compra de equipamentos destinados para a região de fronteira e reforma da unidade do Corpo de Bombeiros na capital de Mato Grosso.

Outros investimentos

Desde 2015, o governo de Mato Grosso investiu quase R$ 2,6 milhões no Gefron em aquisição de armas, munições e fardamentos. Ainda nesta gestão, novos policiais ingressaram no grupamento para ampliar o policiamento ao longo dos 983 quilômetros de fronteira seca e alagada que separam o Brasil e a Bolívia.

Em termos de efetivo, o Corpo de Bombeiros Militar teve o maior incremento da história. Foram inseridos 450 soldados na corporação, enquanto que nos últimos cinco anos de gestões anteriores, foram apenas 75 profissionais. Outros investimentos foram realizados para a aquisição de 500 capacetes gallet, fardamento específico para aproximação no combate ao fogo, caminhões Auto Bomba Tanque (ABT) e viaturas.


Cadastro de Opinião
Nome:
E-mail:
Mensagem:
Blog's
Curta Nossa Fan Page

© 2018, visão notícias O seu portal de informação