Bem vindo ao Visão Notícias - 24 de Setembro de 2018 - 16:56
Geral
13/04/2007 - 10:02h
Pagot é confirmado como diretor-geral do DNIT com orçamento de R$ 7 bilhões
A indicação de Pagot marca o início da reforma no segundo escalão do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Fonte: 24horasnews
 Ameaçado de perder a administração dos portos, o PR conseguiu emplacar Luiz Antonio Pagot para a diretoria-geral do DNIT (Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes), que administra um dos maiores orçamentos do segundo escalão do governo. Em março deste ano, o DNIT (que administra a maior parte dos recursos do Ministério dos Transportes) tinha em caixa R$ 7,2 bilhões.
     
     A indicação de Pagot marca o início da reforma no segundo escalão do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O orçamento do DNIT é maior que de órgãos como a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil --também cobiçados por diversos partidos aliados.
     
     Desde o início da reforma ministerial, o PR deixou claro ao presidente Lula a sua intenção de comandar o órgão depois que conseguiu emplacar Alfredo Nascimento no Ministério dos Transportes.
     
     O interesse do PR se justifica uma vez que o orçamento do DNIT não pode ser contingenciado pelo governo porque os recursos integram o PPI (Projeto Piloto de Investimento). O valor pode engordar ainda mais diante da intenção do governo de editar Medida Provisória destinando mais recursos ao órgão como conseqüência de projetos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).
     
     O nome de Pagot foi indicado pelo governador Blairo Maggi (PR-MT). Ele é o atual secretário de Educação do governo de Mato Grosso e, no primeiro mandato de Maggi, também ocupou outros cargos no governo estadual. Pagot irá substituir Mauro Barbosa, funcionário público de carreira que estava no comando do DNIT.
     
     O PR também já recebeu a garantia de Lula de que José Francisco das Neves será mantido no comando da Valec (estatal ligada ao Ministério dos Transportes que detém o controle da Ferrovia Norte-Sul).
     
     A nomeação de Pagot foi encaminhada pelo presidente ao Senado Federal e deve ser lida ainda hoje pelo presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL). A promessa foi feita a dirigentes do PR. Depois da leitura, a indicação de Pagot segue para análise da Comissão de Infra-Estrutura do Senado --onde ele será sabatinado.
     
     Com a indicação do nome de Luiz Antonio Pagot para a diretoria-geral do DNIT (Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes) por parte do PR, os dirigentes do partido no Mato Grosso do Sul vão reunir-se hoje para debater a possibilidade de solicitar a indicação para a diretoria do cargo no Estado.
     
     Segundo o deputado Arroyo (PR), hoje ele irá conversar com os outros deputados do partido, Londres Machado e Paulo Corrêa, para discutir o assunto. Ele lembrou que nesta quarta-feira o governador conversou com a bancada federal para definir a distribuição dos cargos, mas ainda não anunciou publicamente a divisão.
     
     O DNIT no Estado é dirigido pelo ex-governador Marcelo Miranda, e é um dos cargos mais concorridos entre os parlamentares federais.

Cadastro de Opinião
Nome:
E-mail:
Mensagem:
Blog's
Curta Nossa Fan Page

© 2018, visão notícias O seu portal de informação