Bem vindo ao Visão Notícias - 22 de Setembro de 2018 - 1:09
Geral
12/06/2018 - 19:00h
Ação identifica irregularidades em 23 postos de Cuiabá e VG
Foto por: Alair Ribeiro
Fonte: Mídia News

Uma força tarefa coordenada pela Delegacia Especializada do Consumidor (Decon) identificou irregularidades em 23 postos de combustíveis em Cuiabá e Várzea Grande na semana passada, na segunda fase das operações "De Olho na bomba" e "Posto Clone".

O balanço e a lista de postos autuados foram divulgados em nota pela assessoria da Polícia Civil nesta terça-feira (12). Ao todo, 40 estabelecimentos foram verificados na ação, que foi realizada em parceria com a Agência Nacional do Petróleo (ANP), Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso (Ipem/Inmetro), Procon Estadual e Procon Municipal.

Do total de postos fiscalizados, 23 apresentaram algum tipo de irregularidade, sendo oito por bomba baixa (quando volume do combustível informado é maior que o colocado no veículo) e cinco apontados como sendo “clones” (estabelecimentos que usam características de uma marca ou bandeira consolidada no mercado, nas cores e fachada, mas não comercializam produtos da marca, induzindo o consumidor a erro).

Outros sete tiveram amostras de combustível recolhidas pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) para análise da qualidade em laboratório, dois estavam com infidelidade de bandeira e um posto foi interditado.

Durante os trabalhos, 13 pessoas foram conduzidas à Delegacia para esclarecimentos. A Delegacia do Consumidor deve instaurar cerca de 15 inquéritos policiais para apurar as irregularidades detectadas na edição de 2018, podendo o número aumentar conforme encaminhamento dos laudos emitidos pela ANP, IPEM e Procon Municipal e Estadual. 

“O trabalho foi excepcional para todas as equipes. Ano passado, visitamos 21 postos e este ano foram 40 postos. Ano passado houve a condução de 14 pessoas a Delegacia e este ano 13. E agora estamos mostrando à sociedade e os consumidores o resultado desse trabalho realizado pelos órgãos públicos”, avaliou o delegado da Decon, Antônio Carlos Araujo.

Confira a lista de estabelecimentos autuados, segundo a PJC:

Postos clones:

1. Amarelinho 4 (Miranda e Barroso LTDA) Bandeira Branca - Avenida Historiador Rubens de Mendonça, n.º 6805, Jardim Paraíso, Cuiabá-MT

2. Posto Pensilvânia – Transganso Comercio e Transportes LTDA - Bandeira Branca- Avenida Miguel Sutil, n.º 12.295, Cidade Alta, Cuiabá-MT

3. Amazonia 11 – Comercial Amazonia de Petroleo Eireli - Bandeira Branca - Avenida Miguel Sutil, n.º 6.039, Quilombo, Cuiabá-MT.

4. Posto Emboava Miguel Sutil – JGJ Comércio de Petróleo LTDA - Bandeira Branca Avenida Miguel Sutil, n.º 4708, Porto, Cuiabá-MT

5. Amazonia 09 – Comercial Amazonia de Petróleo Eireli - Bandeira Branca

Avenida Jornalista Arquimedes Pereira Lima, n.º 2291, Boa Esperança, Cuiabá-MT

Postos com irregularidades nas bombas:

1. Posto Cidade Alta (Estação de Serviços Verona LTDA-ME) Autorização Revogada Avenida Jornalista Alves de Oliveira, n.º 174, Cidade Alta, Cuiabá-MT.

2. Auto Posto Cuiabá PETRO (Auto Posto Cuiabá PETRO LTDA) Bandeira Ipiranga

Rua General Vale, n.º 636, Bandeirantes, Cuiabá-MT.

3. Amazonia 11 (Comercial Amazonia de Petroleo Eireli) Bandeira Branca

Avenida Miguel Sutil, n.º 6.039, Quilombo, Cuiabá-MT.

4. Posto Universal (Auto Posto M J LTDA) Bandeira Ipiranga - Rua Comandante Costa, n.º 2.240, Porto, Cuiabá-MT.

5. G. J. G. Derivados de Petróleo (G. J. G. Derivados de Petróleo LTDA) Bandeira RAIZEN - Avenida dos Trabalhadores, n.º 4.895, Jd. Três Lagoas, Cuiabá-MT.

6. Posto Estação – Estação Auto Posto Eireli - Bandeira RAIZEN

Avenida Miguel Sutil, n.º 595, Dom Aquino, Cuiabá-MT.

7. Posto La Rocque – La Rocque Comércio de Combustíveis LTDA - Bandeira Petrobras Avenida Rubens de Mendonça, n.º 2555, Bosque da Saúde, Cuiabá-MT.

8. Posto Dom Bosco – JLM Comércio de Petróleo LTDA - Bandeira Branca - Avenida Dom Bosco, n.º 1433, Centro, Cuiabá-MT. 

Postos com suspeita de irregularidades no combustível (amostras recolhidas pela ANP e encaminhadas ao laboratório):

1. Posto Cidade Alta (Estação de Serviços Verona LTDA-ME) Autorização Revogada Avenida Jornalista Alves de Oliveira, n.º 174, Cidade Alta, Cuiabá-MT.

2. Auto Posto Amarelinho III – Leonisia N. N. Barroso - Bandeira Branca

(Avenida Senador Metelo, n.º 850, Porto, Cuiabá-MT).

3. Posto Papito – Papito Auto Posto Várzea Grande LTDA - Bandeira Branca- Rodovia Mario Andreazza, s/n.º, Jardim Ipê, Várzea Grande-MT.

4. Posto Feguri - Feguri Petróleo LTDA - Bandeira Ipiranga- Avenida República do Líbano, n.º 30, Rodoviária Parque, Cuiabá-MT.

5. Auto Posto Amarelinho 5 – Nunes Barroso e Boese LTDA – ME - Bandeira Petrobras-Rua Vereador Abelardo, n.º 400, Cristo Rei, Várzea Grande-MT.

6. Posto 10 Várzea Grande – Posto 10 Limitada - Bandeira Petrobras - Avenida Couto Magalhães, n.º 2561, Centro, Várzea Grande-MT.

7. Posto Inovar – Inovar Comércio de Combustível LTDA - Bandeira Branca- Rodovia Mario Andreazza, n.º 211, Guarita, Várzea Grande-MT

Postos com infidelidade de bandeira:

1. Posto Santa Laura – MA Comércio de Combustíveis LTDA EPP - Bandeira RAIZEN-Rua Sergipe, s/n.º, Quadra 28, Lote 12, Jardim Paulista, Cuiabá-MT.

2. Auto Posto Amarelinho 5 – Nunes Barroso e Boese LTDA – ME - Bandeira Petrobras- Rua Vereador Abelardo, n.º 400, Cristo Rei, Várzea Grande-MT.

Posto interditado:

1. Posto Cidade Alta – Estação de Serviços Verona LTDA-ME – Autorização Revogada- Avenida Jornalista Alves de Oliveira, n.º 174, Cidade Alta, Cuiabá-MT

Penalidades

Os responsáveis pelos postos responderão a inquérito policial em crimes inseridos na  Lei 8.176/91 (que trata dos crimes contra a ordem econômica e cria o sistema de estoque de combustíveis, no artigo 1º, que trata das irregularidades provenientes da venda e revenda de derivado de petróleo, prevê pena de 1 a 5 anos) e da Lei 8.137/90 (artigo 7º, Inciso 7º - induzir o consumidor ou usuário a erro, por via de indicação ou afirmação falsa ou enganosa sobre a natureza, qualidade do bem ou serviço, utilizando-se de qualquer meio, inclusive a veiculação ou divulgação publicitária; pena é de 2 a 5 anos de detenção). Todos ainda respondem por sanções administrativas junto aos órgãos reguladores e fiscalizadores. 

O que é bomba baixa

Quando o abastecimento no tanque do carro é menor do que o registrado na bomba, o consumidor tem o direito de pedir ao atendente para testar o equipamento na sua frente. A bomba de abastecimento vem de fábrica com a calibragem de 20 litros.

No teste, o representante do posto deve utilizar a medida padrão de 20 litros aferida e lacrada pelo Inmetro. A diferença máxima permitida é de 100 ml para mais ou para menos. Quando a diferença, em prejuízo ao consumidor, for acima de 100 ml, a pessoa está sendo alvo do chamado golpe da bomba baixa e deve denunciar a ANP via 0800 970 0267.

Posto Clone 

Posto “Clone” é o estabelecimento que utiliza cores, padronização na fachada, uniformes e demais itens de comunicação visual de redes de marcas de credibilidade do público, como, por exemplos, postos BR (Petrobrás) e Shell, amplamente conhecidos dos consumidores. A diferença está no combustível vendido ao cliente, que não têm a mesma qualidade da marca apresentada, sendo oriundo de outra distribuidora.


Cadastro de Opinião
Nome:
E-mail:
Mensagem:
Blog's
Curta Nossa Fan Page

© 2018, visão notícias O seu portal de informação