Bem vindo ao Visão Notícias - 24 de Maio de 2018 - 5:03
Geral
15/05/2018 - 10:58h
Denúncias da Sinop Energia resultam em apreensões no Teles Pires
Todo o pescado apreendido foi doado para instituições de caridade de Sinop.
Fonte: Assessoria

Denúncias feitas pela Sinop Energia, Concessionária da Usina Hidrelétrica Sinop, resultaram em grandes apreensões relacionadas a pesca predatória no rio Teles Pires, neste fim de semana, durante operação de fiscalização realizada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) de Mato Grosso. 

Com o apoio de equipes da Diretoria de Unidade Desconcentrada (DUD) da Sema em Sinop, do Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA), da Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema), Polícia Militar (PM), Grupo de Segurança Patrimonial da Construtora Triunfo, além de equipes de meio ambiente da Sinop Energia, foram apreendidos 107 quilos de pescado e duas pessoas foram conduzidas para a Delegacia de Polícia Civil por pesca irregular. De acordo com o diretor da DUD de Sinop, Sandro Depiné, a operação durou todo o dia, inclusive na área onde a barragem da Usina Hidrelétrica Sinop está sendo construída. “Nós adentramos a obra com equipes por terra e água. Além da pesca predatória, também tivemos o intuito de orientar os pescadores sobre o acesso próximo a barragem. É uma área que está demarcada e eles não estão respeitando os limites de segurança, o que também acarreta em riscos para eles próprios”. 

Também foram emitidos dez autos de infração, seis autos de inspeção e cinco termos de apreensão de cinco barcos com motores de popa, diversas varas de pesca com molinetes ou carretilha, caixa com apetrechos de pesca e caixa térmica. Ao todo, a operação resultou em R$ 11.944 em multas. “É importante esclarecer que não estamos, nós da Sema ou a própria Usina, proibindo a pesca, até porque não estamos em período de Piracema. O que estamos combatendo é a pesca predatória, esse tipo de atividade é que prejudica nossa ictiofauna e nosso rio”, reforça Depiné. 

A pesca predatória tem ocorrido recentemente no rio Teles Pires na região próxima a futura barragem da Usina. A Sinop Energia e a Construtora Triunfo adotaram medidas para evitar a aproximação de pescadores na barragem, para segurança de todos, e denunciou a prática à Sema, conforme explica o diretor presidente da Concessionária, Jean-Christophe Delvallet. “Nós não temos poder de polícia, de fiscalizadores das práticas de pesca no rio Teles Pires. Solicitamos o apoio dos órgãos competentes e tivemos total cooperação deles. A preservação do rio é muito importante para o Empreendimento, para que no futuro tenhamos um rio vivo, rico em fauna e flora e nosso reservatório possa servir de exemplo”, salientou Delvallet. 

Todo o pescado apreendido foi doado para instituições de caridade de Sinop. Novas operações serão realizadas no decorrer das próximas semanas. 

STP 

Durante toda a operação da Usina Hidrelétrica Sinop haverá o Sistema de Transposição de Peixes (STP) para migração de espécies de jusante (captura abaixo da barragem) para montante (transporte para acima da barragem) da obra. Aprovado pela Sema no âmbito do licenciamento ambiental, o STP atende a uma condicionante da Secretaria para licenciamento da operação da Usina e integra o Subprograma de Mitigação de Impactos Sobre as Espécies Migratórias de Interesse Comercial.

 


Cadastro de Opinião
Nome:
E-mail:
Mensagem:
Blog's
Curta Nossa Fan Page

© 2018, visão notícias O seu portal de informação