Bem vindo ao Visão Notícias - 18 de Outubro de 2018 - 18:52
Esporte
03/09/2018 - 16:34h
Equipe de Sinop é eleita a melhor em Pan-Americano de Artes Marciais
Fonte: Da Redação com Assessoria

Alunos do "Projeto de Artes Marciais Kravthaikick - 11º BPM Formando Cidadãos", realizado pela Polícia Militar de Sinop, fizeram bonito no Pan Americano de Artes Marciais em Santa Isabel (SP), no último dia 26 de agosto e, além de medalhas e dois cinturões de campeões, conquistaram um dos maiores reconhecimentos do torneio: serem eleitos a melhor equipe do Pan entre os seis países participantes.

O grupo, formado por uma média de 12 atletas, conquistou cerca de 38 medalhas no Pan, em diferentes posições, segundo o tenente coronel Mariowillian Ribeiro Fujinaka, comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar, em Sinop. "Este é um projeto cuja ideia é resgatar valores, além das artes marciais. Idealizamos a jornada há cerca de dois anos e, além das artes marciais, entramos com atividades de civismo, ordem unida, palestras. A ideia é formar o cidadão, ensinando-o, também, valores", expressou o comandante. A faixa etária atendida é de 12 aos 17 anos, correspondente ao que a polícia chama de intervalo crítico e propensos à atração e inserção dos jovens no mundo do crime.

Na última sexta-feira, 31/08, o grupo de lutadores e militares apresentou os resultados das conquistas à prefeita Rosana Martinelli, durante uma recepção na sede do Paço Municipal. À gestora os esportistas falaram sobre o resultado, as motivações, os desafios na busca por apoio e perspectivas do projeto. A Prefeitura de Sinop é apoiadora do trabalho.    

Conforme explicou Mariowillian, em Sinop o projeto é executado em duas frentes de trabalho: uma voltada ao ensino das artes marciais e, a outra, voltada à formação humana e social. Quem conduz a parte esportiva é o mestre e instrutor Genivaldo José da Silva. Ele sede o espaço em sua academia de artes marciais para que as crianças e adolescentes treinem. Genivaldo também é o treinador dos alunos. Já na parte cívica a formação é assumida pela PM. Participando, também, do Pan Americano, o professor Genivaldo conquistou o cinturão de campeão Pan-Americano de kickboxing.

Ao conversar com os atletas, a prefeita Rosana Martinelli lembrou dos esforços que vêm sendo realizados pela gestão para apoio ao esporte em diferentes modalidades. Falou sobre a Lei de Incentivo ao Esporte, que confere apoio para que os esportistas participem de competições, destacou a aquisição de materiais e insumos, bem como de veículos. "Fico muito orgulhosa porque vocês estão participando. Também, porque estão representando nossa cidade", celebrou a chefe do Poder Executivo.

A agenda no gabinete foi acompanhada pela secretária municipal de Educação, Esporte e Cultura, Veridiana Paganotti, e o comandante regional da Polícia Militar (CR-3), coronel Valter Luis Razera.

Sem tempo para descanso

Apesar da vitória a comemorar, parte do grupo sinopense de lutadores não terá tempo para descansar. Isto porque já nos próximos meses de outubro e novembro três dos atletas encaram um novo desafio, desta vez, o Mundial de Artes Marciais, com disputas em Madri, Espanha, e Roma, na Itália. O trio formado pelo professor Genivaldo José da Silva, a professora Cris e a lutadora Lauana também busca apoio para marcar presença na competição. 

Dos três, Genivaldo foi contemplado pelo último edital Lei de Incentivo ao Esporte, para viajar ao torneio. As outras duas seguem em busca de apoio para embarcar para a competição.


Cadastro de Opinião
Nome:
E-mail:
Mensagem:
Blog's
Curta Nossa Fan Page

© 2018, visão notícias O seu portal de informação