Bem vindo ao Visão Notícias - 24 de Setembro de 2018 - 16:04
Esporte
16/05/2018 - 16:10h
Tenistas de Cuiabá disputam liderança do ranking estadual
Um tenista jovem e um veterano brigam pelo título estadual de 2018.
Fonte: Junior Martins

Edberg Rezende e Givanildo Almeida lideram o Circuito Estadual de Tênis de Mato Grosso, na categoria 1ª Classe, empatados com 290 pontos e o desempate poderá acontecer nesta semana, na 5ª etapa da competição, chamada LCA Tênis, que será realizada de quinta-feira (17) até domingo (20.05), na Academia Ace Tênis, em Primavera do Leste (245km de Cuiabá).

Edberg Campelo Rezende, um empresário de 27 anos, encostou no líder após ser vice-campeão na etapa anterior, que ocorreu na cidade de Sinop (480km de CBA), de 19 a 22 de abril, no Sinop Tênis Clube. E, segundo ele, a preparação é feita duas vezes por semana na Academia Cia do Tênis. E a estratégia será de impor o próprio jogo sobre os adversários, independente de quem seja.

“A expectativa é de repetir os bons resultados das etapas anteriores. Para atingir a ponteira do ranking será preciso obter um resultado melhor do que o principal oponente, que é o Givanildo. Somos grandes amigos, conheço ele desde quando comecei a praticar tênis, quando eu tinha seis anos de idade, e temos uma rivalidade saudável, mas agora é minha vez de ganhar”, disse o tenista, Edberg.

No torneio anterior, Edberg começou com vitória sobre Gabriel Vonjonie por dois sets a zero e placar parcial de 6/3 e 7/5. Depois venceu Clodoaldo Piacentini por duplo 6/0 (bicicletinha), em seguida superou Bruno França por 3/2 (desistência) e, na partida final, sofreu uma derrota para Plínio Gomes por dois sets a um e placar parcial de 6/4, 2/6 e 3/10. Edberg também foi vice no torneio em Sorriso.

Já Givanildo Almeida, um professor de tênis de 56 anos, e que é o atual campeão estadual (título de 2017), na 1ª Classe, foi semifinalista no torneio anterior (4ª etapa - Sinop) e campeão no torneio em Sorriso (2ª etapa). E, de acordo com a comunidade de atletas e torcedores, um dos tenistas mais técnicos, estratégicos, resistentes e duros de vencer.

Conforme a Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT), que é a instituição organizadora em parceria com os clubes e academias-sedes, outras dez etapas ou torneios estão programados para o ano. Ainda haverá sete torneios na capital mato-grossense, um em Rondonópolis, outro em Sinop e outro em Sorriso. Mais informações estão disponíveis no site e na página da federação no Facebook.


Cadastro de Opinião
Nome:
E-mail:
Mensagem:
Blog's
Curta Nossa Fan Page

© 2018, visão notícias O seu portal de informação