Bem vindo ao Visão Notícias - 13 de Dezembro de 2018 - 7:24
Economia
28/12/2017 - 16:10h
Associação dos Criadores de Mato Grosso critica duramente projeto de Lei aprovado pela Assembleia Le
Fonte: Redação mtmais

A Acrimat (Associação dos Criadores de Mato Grosso) criticou o projeto de Lei do deputado estadual Feliciano Filho (PEN/SP) que foi aprovado na Assembleia Legislativa de São Paulo, na última quarta-feira (27), onde institui a “segunda sem carne” no Estado paulista, diz reportagem do jornal Folha de São Paulo, publicada nesta quinta-feira (28).

De acordo com a proposta da lei, escolas da rede pública e estabelecimentos que fornecem refeições aos órgãos públicos ficam proibidos de fornecer carnes e derivados às segundas-feiras, cita Folha de São Paulo.

O projeto de Lei para passar a valer oficialmente ainda precisa da sanção do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

O autor do projeto argumenta, em uma rede social, que a lei “dará à população de SP um dia por semana para pensar sobre a aflição dos animais nos abatedouros”.

O projeto determina, também, que estes estabelecimentos devem ter um cardápio vegetariano nos demais dias da semana, e exclui da lei hospitais públicos e demais unidades de saúde pública. 

A reportagem de Folha de São Paulo ainda diz que outras cidades no mundo já aderiram a esse tipo de proposta, de ter um dia da semana sem o consumo da carne, como Nova Iorque, nos Estados Unidos.

A Acrimat, disse, em nota, considerar a proposta “uma interferência direta à liberdade de consumo e de escolha individual do cidadão. A medida, se sancionada, fere também a ordem econômica de mercado, regida pelo direito de produção, compra e venda de produtos lícitos no país.”Os deputados estaduais de São Paulo aprovaram, nesta quarta-feira (27), uma lei instituindo a “segunda sem carne” no Estado. Com informações de Folha de São Paulo.


Cadastro de Opinião
Nome:
E-mail:
Mensagem:
Blog's
Curta Nossa Fan Page

© 2018, visão notícias O seu portal de informação