Bem vindo ao Visão Notícias - 23 de Setembro de 2017 - 9:56
Economia
23/08/2017 - 15:20h
Aumento do combustível faz Inflação de Sinop disparar
.
Fonte: Assessoria

 A pesquisa feita pelo Centro de Informações Sócio Econômico (CISE) junto com a Câmara de Dirigentes de Lojistas (CDL), referente ao mês de julho de 2017 apontou um expressivo aumento nos preços do consumidor. “Saímos de um cenário de deflação em junho, de -30%, para + 0,76 em julho, bem acima do mês anterior, sendo o índice mais alto neste ano de 2017 e também dos últimos 12 meses”, analisa o economista Udilmar Carlos Zabot.

Segundo Udilmar o principal motivo da alta da inflação no município é o aumento do preço dos combustíveis e da energia, que influenciam especialmente no preço dos alimentos. No geral a pressão de alta na inflação ficou a cargo do grupo Habitação, com alta de 0,12%, seguido pelos Transportes, com alta de 0,27%, e principalmente pelo grupo da Alimentação, com alta de 0,37%.

Comparativamente à economia brasileira, a taxa de inflação local foi o triplo da variação nacional este mês, dado que o IPCA, divulgado pelo IBGE para o mesmo período, foi de 0,24%. Nosúltimos 12 meses, a inflação brasileira dada pelo IPCA foi de 2,71%, e em Sinop a inflação acumulada no ano é de 1,43%. “Pelo mercado local ser concentrado em poucos fornecedores, alguns produtos sofrem uma pressão maior e o reflexo na inflação é imediato daí o aumento deste mês”.

 Já a Cesta básica, teve um leve aumento comparado aos meses anteriores. Em julho a Cesta Básica em Sinop passou a custar 370,45 reais nos mercados locais, o que indica uma alta de 0,17% em relação ao mês anterior. Segundo os dados do departamento intersindical de estatística e estudos socioeconômicos (DIEESE) a cesta básica também apresentou alta em Brasília. Já em outras regiões como em Cuiabá e Campo Grande ocorreram leves quedas de 0,05% e 1,17% respectivamente.

 


Cadastro de Opinião
Nome:
E-mail:
Mensagem:
Blog's
© 2017, visão notícias O seu portal de informação