Bem vindo ao Visão Notícias - 22 de Junho de 2018 - 15:58
Economia
29/01/2009 - 10:45h
BC não descarta redução do preço da gasolina em 2009
O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central manteve a previsão de reajuste zero para os preços da gasolina e do gás de cozinha em 2009, mas continua avaliando que uma redução, ao longo deste ano, não pode ser totalmente descartada
Fonte: G1

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central manteve a previsão de reajuste zero para os preços da gasolina e do gás de cozinha em 2009, mas continua avaliando que uma redução, ao longo deste ano, não pode ser totalmente descartada por conta da queda do preço do petróleo no mercado internacional.

"Os preços do petróleo continuam altamente voláteis, a despeito de atualmente se encontrarem em patamares próximos àqueles observados por ocasião da última reunião deste Comitê (...) Não obstante, a despeito da considerável incerteza inerente às previsões sobre a trajetória dos preços do petróleo, o cenário central de trabalho adotado pelo Copom, que prevê preços domésticos da gasolina inalterados em 2009, permanece plausível, mas, a persistir o quadro atual do mercado de petróleo, não parece prudente descartar por completo a hipótese de que ocorra redução de preços", informou o Banco Central, por meio da ata da ultima reunião do Copom.

Segundo a autoridade monetária, as projeções de reajuste das tarifas de telefonia fixa e de eletricidade, para o acumulado em 2009, foram mantidas em 5% e 8,1%, respectivamente.por conta da queda do preço do petróleo no mercado internacional.

"Os preços do petróleo continuam altamente voláteis, a despeito de atualmente se encontrarem em patamares próximos àqueles observados por ocasião da última reunião deste Comitê (...) Não obstante, a despeito da considerável incerteza inerente às previsões sobre a trajetória dos preços do petróleo, o cenário central de trabalho adotado pelo Copom, que prevê preços domésticos da gasolina inalterados em 2009, permanece plausível, mas, a persistir o quadro atual do mercado de petróleo, não parece prudente descartar por completo a hipótese de que ocorra redução de preços", informou o Banco Central, por meio da ata da ultima reunião do Copom.

Segundo a autoridade monetária, as projeções de reajuste das tarifas de telefonia fixa e de eletricidade, para o acumulado em 2009, foram mantidas em 5% e 8,1%, respectivamente.


Cadastro de Opinião
Nome:
E-mail:
Mensagem:
Blog's
Curta Nossa Fan Page

© 2018, visão notícias O seu portal de informação