Bem vindo ao Visão Notícias - 20 de Novembro de 2017 - 17:15
06/09/2017 - 06:15h
Prefeito decreta contenção de gastos por queda de R$ 34 milhões na arrecadação
Dentre as proibições estão a contratação e aquisição de serviços e produtos....
Fonte: Anderson Hentges

Devido a previsão na queda da arrecadação estimada em R$ 34 milhões, e com o intuito de economizar, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (PSDB), decretou uma contenção de gastos até 31 de dezembro.

Dentre as proibições estão a contratação e aquisição de serviços e produtos que não sejam essenciais para a administração pública, veículos, equipamentos, passagens aéreas, veiculação de matérias publicitárias, com exceção de propaganda institucional.

Lafin também suspendeu eventos culturais, esportivos, entre outros, como comemorativos, por exemplo, que gerem despesas para a máquina pública. Além disso, os funcionários não estão autorizados a utilizarem a frota da prefeitura aos finais de semana e feriados, tanto municipais, como estaduais e nacionais, bem como antes das 7h e após às 18h. Somente poderão ser utilizados com prévia autorização, ainda assim se for para viagens oficiais, ou de extrema emergência.

A prefeitura esperava arrecadar cerca de R$ 284 milhões e, agora, a previsão de arrecadação é de R$ 250 milhões, ou seja, uma queda de quase 12%. “Equilíbrio das contas pública, para que não haja restos a pagar, salvo aquelas previsto a longo prazo”, traz trecho do decreto.

Também há orientação para redução das despesas com telefone, água, material de expediente, gêneros alimentícios, material de higiene e limpeza, serviços de terceiros, energia. O pagamento de horas extras, licença prêmios a funcionários públicos, diárias, que neste caso é emitido com autorização da secretaria de Administração, foi cortado. A determinação passa a valer a partir de sua publicação.

 entrou em contato com o prefeito Ari Lafin, mas as ligações não foram atendidas.


Cadastro de Opinião
Nome:
E-mail:
Mensagem:
Blog's
© 2017, visão notícias O seu portal de informação