Bem vindo ao Visão Notícias - 28 de Novembro de 2020 - 12:23

A CHUVA É A CULPADA

Sinop: Com pouca chuva asfalto da Estrada Jacinta já apresenta problemas graves

20 de Novembro de 2020 ás 11h 36min, por VIsão Notícias
Foto por Divulgação / Internet

A tão esperada chuva que caiu sobre Sinop nos últimos dias trouxe, além do alivio, transtornos para moradores da Estrada Jacinta, na região da Chácaras de Lazer São Cristóvão, tudo porque, parte do asfalto, feito recentemente começou a apresentar problemas.

Em fotos encaminhadas para a redação do site Visão Notícias, mostram verdadeiras crateras no asfalto e nos dutos onde deveria escoar a água que cai sobre a pista. Além dos buracos o pavimento apresenta rachaduras depois do solo ceder. O registro fora feito por moradores no início da semana.

O contrato elaborado pela Prefeitura de Sinop foi assinado em 2019 e a empresa teria 180 dias para entregar parte da estrada pavimentada. De acordo com o site da prefeitura o valor investido seria de aproximadamente R$ 4milhões e foi dividido assim; Esse total de mais de R$ 4,5 milhões, é composto por R$ 816.091,95, que compreendem convênio firmado com a Caixa Econômica Federal (CEF) e originam-se do Ministério das Cidades, sendo emenda parlamentar do então deputado federal Nilson Leitão, destinados a pavimentação asfáltica e sinalização viária. Outros R$ 68.065,70 são contrapartida do Município para complemento dessa ação. Somados ao montante ainda estão R$ 1,6 milhões oriundos da iniciativa privada, ou seja, de proprietários de loteamentos que tem interesse em empreender futuramente no local e devem contribuir com o custeio da tubulação para a drenagem da estrada. A prefeitura entra ainda com R$ 2,045 milhões para realização da terraplenagem e mão de obra para efetivar a destinação final da água (drenagem).

Após o problema apresentado e a empresa cobrada pelos fiscais da prefeitura, ela [empresa] realizou um paliativo para sanar parte do problema. Os funcionários realizaram uma abertura lateral para que a água caia fora da pista e também taparam com terra a cratera aberta sobre a pista.

Fica de pergunta aos moradores é? Até quando o problema vai ficar perdurando e qual será a atitude tomada para que os moradores não precisem desviar a rota?