Bem vindo ao Visão Notícias - 21 de Outubro de 2019 - 13:54

MEIO AMBIENTE

Projeto em Sinop quer aliar expansão urbana com crescimento verde

26 de Junho de 2019 ás 10h 09min, por Da Redação com Assessoria

Manter uma cidade bem arborizada, com qualidade de vida, melhorando a saúde pública e diminuindo as chamadas ilhas de calor e a sensação térmica, essas últimas acentuadas, principalmente, pela expansão urbana de Sinop. Este é o desafio que a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do município se propõe a vencer, realizando, por meio de parcerias, ações para que se alcem tais objetivos.

“A nossa ideia é instituir projetos que também se preocupem em difundir a arborização na cidade, minimizando o cenário do concreto. Temos apoiado iniciativas de sucesso que já vêm sendo operadas, a exemplo do projeto Floresta Urbana, idealizado por profissionais de diferentes áreas e instituições no município”, lembra Ivete Mallmann, secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Sinop. 

Os números do poder público municipal mostram uma acentuada expansão urbana de Sinop: só em 2018, mais de 461,7 mil metros quadrados foram construídos, segundo o Núcleo de Projetos (Prodeurbs), da Prefeitura municipal. Já a emissão de alvarás para construção, no último ano, registrou o melhor desempenho desde 2012, totalizando 1.794 documentos.

"Isso significa mais pedreiros contratados, mais cimento, mais tijolos, mais pedra, mais areia e mais dinheiro circulando no comércio local”, aponta Paulo Abreu, diretor do Prodeurbs, ao lembrar que esses números também influenciam indicadores do município como o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH - 0,754/ 2010) e a composição do Produto Interno Bruto (PIB)

Embora sejam motivos de comemoração, os dados positivos também acendem um sinal de atenção para outro eixo do desenvolvimento: a necessidade de se crescer em âmbito verde, a partir da arborização. “A gente percebe que a própria sociedade já desperta para essa conscientização, por isso, não só no mês do Meio Ambiente, quando são realizadas diversas atividades de cunho pedagógico, orientativas e de conscientização, mas em todo o ano com ações especificas para a melhoria do cenário em nossa cidade, aliando assim o desenvolvimento ao cuidado com o meio ambiente”, destaca Ivete Mallmann. 

Na última semana, uma parceria entre a Prefeitura de Sinop e o Cartório do 2º Ofício Extrajudicial,  se juntou à gama de ações cujo foco é difundir a consciência verde pela cidade:  o projeto  “Para cada criança nascida, uma árvore plantada”. A ação vista aproveitar outro contexto no qual Sinop também se destaca - o número de crianças nascidas no município - e, então, ampliar a presença de árvores no cenário urbano. Assim, se depender do número de nascidos e registrados em Sinop, por ano, mais de três mil árvores podem ser introduzidas à paisagem da cidade.  

“Se conseguirmos atingir essa meta, futuramente, teremos uma cidade arborizada. Nossa cidade já é uma cidade verde, mas tendo em vista o crescimento de área construída, temos que correr para ter uma cidade fresquinha e, acima de tudo, verde”, destaca a tabeliã responsável pelo 2º Ofício Extrajudicial de Sinop, Maria Antonieta Cabral. Só para se ter uma ideia, nos últimos seis meses (dezembro de 2018 a maio de 2019), 1.710 crianças nasceram e foram registradas em Sinop, apontam dados do Cartório. Só em abril, o número totalizou 334. 

A primeira das mudas entregues pelo projeto ganhou, inclusive, um nome. Homenageia a pequena Elisa, filha do vendedor Wagner Lagassi da Silva. No instante em que se dirigiu ao Cartório para registrar a criança, Wagner já recebeu seu exemplar de Ipê e que será plantado em área à sua escolha. “É um presente de Deus, primeiramente, um filho. E a gente chega aqui [no cartório] e tem uma surpresa, um Ipê. Isso é gratificante”, falou o profissional. 

Nessa parceria, as mudas de plantas nativas, frutíferas e/ou aquelas específicas para o contexto de arborização originam-se do Viveiro mantido pela Secretaria de Meio Ambiente, no Parque Florestal. Para ter acesso aos exemplares, além daquelas unidades que serão distribuídas pelo próprio Cartório, em sua sede, o cidadão pode, a partir do registro da criança, solicitar uma unidade à Secretaria de Meio Ambiente, localizada à Rua das Amendoeiras, 327, no Centro.

A iniciativa conta com o apoio da Comissão de Meio Ambiente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-Sinop). O advogado Renato Valgas destaca papel desse trabalho na criação de uma agenda coletiva sobre o plantio de árvores. “Sabemos que estamos em um Estado que é bem quente e é bem interessante esse plantio de árvore”, destacou o representante. 

Em Sinop, o Código de Parcelamento de Solo estipula que, quando da construção de novos loteamentos, as empresas responsáveis devem apresentar projetos urbanístico e paisagístico indicando, por exemplo, a arborização a ser realizada no empreendimento. Já para o cidadão, o Código de Obras especifica que 60% da área do terreno podem ser ocupados com construções e, outros 40%, destinados à área permeável. Essa é destinada, por exemplo, ao plantio de árvores diversas, mudas, entre outras plantas.

Além das equipes técnicas da Secretaria, do Cartório, e representantes da OAB, a solenidade de lançamento do projeto "Cada criança nascida, uma árvore", contou com a participação da vereadora Professora Branca.

Só em 2018, a Prefeitura de Sinop realizou a distribuição e plantio de 10 mil mudas de árvores em diferentes áreas do município, bem como em regiões rurais abrangidas pelos projetos de recuperação de área degradada, a partir do projeto Interação de Saberes na Agricultura Familiar.