Bem vindo ao Visão Notícias - 19 de Abril de 2019 - 03:16

EDUCAÇÃO

Prefeita Rosana Martinelli participa de boas-vindas a estudantes na volta às aulas 2019

06 de Fevereiro de 2019 ás 17h 35min, por Assessoria
Foto por Ademir Specht

Mais de 16,4 mil estudantes da rede municipal de ensino voltaram às aulas nesta quarta-feira, 06/02. O primeiro dia foi marcado por atividades diversas nas instituições de nível Infantil e Fundamental. Na EMEI Elisete Dallabrida, bairro Sebastião de Matos, a sessão inaugural contou com a visita da prefeita Rosana Martinelli (PR).

Chefe do Poder Executivo municipal, Martinelli esteve na unidade a fim de dar boas vindas aos estudantes e suas famílias, bem como, acompanhar a entrega dos conjuntos materiais que proporcionarão a uniformização completa às crianças. "Toda nossa equipe da Educação preparou essa volta às aulas com muito carinho e dedicação porque educação é uma das prioridades da nossa gestão", afirmou a gestora, ao citar os investimentos direcionados para o ano letivo 2019.

Foram R$ 2,3 milhões para a compra do conjunto dos uniformes para todos os estudantes da Educação Infantil e do Ensino Fundamental, R$ 447 mil para a compra de 475 volumes de livros para a Educação Infantil e outros 445 e 424 volumes para os Ensinos Fundamentais I e II. Aplicados, também, R$ 1,710 milhão em recursos próprios para a aquisição de 45 parques, dos quais 41 aparelhos para as escolas municipais e outros quatro para praças esportivas, além dos investimentos direcionados para materiais de expediente para o funcionamento das unidades escolares.

"Nós fizemos muitos investimentos importantes na Educação, como a compra dos kits escolares que são compostos por shorts, camiseta, tênis e mochila. Também fizemos uma ampla reforma em 13 escolas desde teto, cozinha e banheiros. Tudo pensando em preparar essa volta às aulas. Outra novidade esperada pelas nossas crianças foi a compra dos parques. Em todas as nossas unidades escolares já foram instalados os parques", explicou Rosana.

Acompanhando a visita, secretária municipal de Educação, Esporte e Cultura, Veridiana Paganotti, falou da satisfação em ver o trabalho da Pasta tomando forma. "É uma sensação muito prazerosa para nós da Educação. É um preparo de quase 60 dias, pois, enquanto as crianças e os professores estão de férias, a Secretaria trabalha para manter o ambiente escolar dentro do padrão necessário de qualidade. Quando começa o ano letivo e a gente vê que está tudo dando certo temos a sensação de que conseguimos conquistar nosso objetivo de proporcionar aos professores, alunos e famílias que confiam na educação municipal, o ambiente com a qualidade que merecem", pontou a gestora. 

Veridiana aproveitou a ocasião para lembrar a estrutura que os alunos terão à disposição. "Salas climatizadas, brinquedos pedagógicos, livros infantis adequados para a idade, parques e espaços para o brincar, salas montadas, banheiros, carteiras, tudo bem preparado para que o aluno possa sentir a qualidade e o investimento da prefeitura na educação municipal", acrescentou a secretaria.

A diretora da EMEI Elisete Dallabrida, Maria Amábile Alvim, aproveitou a ocasião para reafirmar o sentimento do início de mais um ano letivo. "Estou muito feliz de estar começando o ano letivo de 2019 com tantas crianças - um número muito maior este ano - principalmente, pelos uniformes, que transformam a unidade, deixando-a bem mais linda", exclamou. Ela lembrou, também, dos livros recebidos e falou da expectativa em ter este tipo de material à disposição dos alunos. "Os livros são extremamente necessários na formação das nossas crianças. A leitura diária, o manuseio do livro, promove na criança o gosto de ler. O livro transforma essas crianças em leitores que um dia poderão vir a serem os escritores", ponderou Maria Amábile.

Eliane Gomes é mãe de uma das crianças da unidade e moradora do Sebastião de Matos. Ela também se mostrou satisfeita com as condições que sua filha está sendo recebida na creche, em especial, por conta dos uniformes recebidos. "A entrega dos uniformes é símbolo da importância que a prefeita dá para os alunos. Ela percebeu que havia muitas crianças que precisavam, que vinham descalças, com a roupa rasgada, e pensar nisso é pensar no bem estar da criança. O uniforme é uma questão de necessidade escolar e muitas mães não têm aquela quantidade de roupa para a criança vir para escola. A minha mesmo, muitas vezes, vinha com roupa rasgadinha, sujinha, porque nem sempre tinha disposição para lavar roupa todo dia e o uniforme vai facilitar porque é próprio para a escola", contou Eliane.