Bem vindo ao Visão Notícias - 04 de Agosto de 2020 - 10:35

FAKE NEWS

Prefeita Rosana e empresários registram denúncias na PF e Civil contra Fake News

31 de Julho de 2020 ás 10h 48min, por DA REDAÇÃO
Foto por Divulgação

A prefeita Rosana Martinelli, esteve reunida, na manhã desta sexta-feira,31, com delegados das polícias Federal e Civil para denunciar uma falsa publicação feita por página no Facebook, que tem circulado nas redes sociais, nas últimas horas.

A publicação acusa a administração municipal e os empresários da Farmácia de Manipulação Alquimia de terem entregue capsulas de zinco vazias para pacientes em tratamento contra o novo coronavírus. 
“É muito grave o que está acontecendo em Sinop, quando uma página faz um fake News, que é crime, atenta contra a idoneidade das pessoas, a honra e, principalmente, coloca em dúvida um trabalho sério, com recursos federais envolvidos. Nós fizemos uma visita oficial aos delegados da Polícia Federal e da Polícia Civil e estamos encaminhando formalmente, através da Procuradoria Jurídica, a queixa crime contra Fake News”, ressalta a prefeita Rosana Martinelli.

Os empresários  Ester e Carlos Martins, proprietários da farmácia, repudiaram as acusações e se colocaram à disposição para mostrar todo o processo de manipulação dos medicamentos. “A nossa empresa tem profissionais capacitados. O processo de fabricação e controle de qualidade é excelente, fiscalizado por todos os órgãos. Então, fica aqui o nosso repúdio a essa pessoa irresponsável, que por questão política fica armando esse tipo de coisa”.

Essa é a segunda vez que a Prefeitura de Sinop é alvo de fake News durante o período de pandemia. Em abril, uma página de facebook criou um boletim informativo epidemiológico do COVID-19 com dados falsos, o que gerou pânico na cidade. 

“Em um momento tão sério, onde estamos trabalhando juntos contra a pandemia, pessoas tiram o seu tempo para colocar o nome e a credibilidade de empresários, duvidando das medicações. Isso não pode acontecer, as pessoas têm que ter responsabilidade do que falam e do que postam. É crime, e a Prefeitura está tomando as devidas providências”, destacou Rosana.

O protocolo de medicamentos que compõe o kit-covid foi elaborado pela Junta Médica da Secretaria Municipal de Saúde e é entregue aos pacientes, com prescrição médica. O registro da ocorrência também será feito na Polícia Federal, uma vez que os recursos utilizados pelo município para a compra dos remédios são oriundos do Governo Federal.

A prefeita esteve reunida com o delegado Federal Samir Zugaibe e, em seguida, com o delegado da Polícia Civil Carlos Eduardo Muniz. O secretário Municipal de Planejamento, Finanças e Orçamento, Astério Gomes, acompanhou a gestora.