Bem vindo ao Visão Notícias - 16 de Julho de 2019 - 04:08

TRÂNSITO

Guarda Civil Municipal divulga ações semanais da Campanha Maio Amarelo

14 de Maio de 2019 ás 15h 38min, por Assessoria
Foto por Assessoria

Seguindo a agenda de ações da campanha Maio Amarelo, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte Urbano, por intermédio dos agentes da Guarda Civil Municipal (GCM), realiza palestras nesta terça-feira (14), na Escola Municipal de Educação Básica (EMEB ) Taciana Balth Jordão, no Jardim Paraíso. 

Amanhã, quarta-feira, dia 15, as atividades continuam na EMEB Taciana com a promoção de uma blitz educativa às 10h45, próximo do horário de saída dos alunos. À tarde, os agentes retomam agenda na Rede Machado de Supermercados, com orientações aos funcionários da filial Super Center, às 16h. Encerrando as atividades do dia, às 16h45 está prevista uma blitz educativa na Escola Estadual Edeli Mantonvani.


Na quinta-feira (16), tem sequência as palestras no Machado Super Center, às 9h e às 15h. No dia 17, a Guarda Civil Municipal estará das 08h às 09h fazendo uma blitz educativa na rotatória entre as Avenidas Itaúbas e Jequitibás. Ainda na sexta-feira, às 09h e às 14h, serão finalizadas as atividades na unidade do supermercado. 

Empresas e escolas (públicas e privadas) podem receber as orientações da Guarda Civil Municipal até o final deste mês. Basta enviar ofício à Secretaria de Trânsito, especificando a ação que deseja, se é palestra ou blitz (no caso de escolas). A Campanha do Maio Amarelo visa chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito.

Desta forma, a Secretaria Municipal de Trânsito reforça a pauta de discussões sobre segurança viária e construção de uma agenda coletiva entre sociedade e segurança pública para um trânsito mais seguro e melhor. A coordenadora do setor de Educação para o Trânsito da secretaria, Sara Borges, avalia que ações de conscientização são necessárias, uma vez que atos de imprudência são praticados com frequência pela população, como, por exemplo, excesso de velocidade e o não uso do cinto de segurança. "É uma questão de desrespeito não somente à legislação, mas também à vida. As pessoas estão sempre com pressa e esquecem que são vidas que estão em jogo", alerta a coordenadora.