Bem vindo ao Visão Notícias - 21 de Novembro de 2019 - 15:36

ESPORTE

Alunos da rede municipal são incentivados à prática de tênis

08 de Novembro de 2019 ás 17h 28min, por Assessoria
Foto por Assessoria

A Sinop Academia de Tênis está contemplando, gratuitamente, diversas crianças da rede municipal de ensino com aulas e espaço para a prática de tênis. A iniciativa surgiu por parte da empresa e recebeu todo apoio da Prefeitura de Sinop, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura.

Neste mês de novembro, o projeto, ainda piloto, irá desenvolver as atividades com os estudantes da Escola Municipal de Educação Básica Maria Amaro de Souza, mas, para 2020, deve ser estendido a outras unidades. Segundo o coordenador técnico da Gerência de Esportes, Sérgio Corbelino, a ação vem para somar às atividades esportivas já são realizadas com as crianças e só trará benefícios.

“Tenho certeza que por meio desse projeto vamos encontrar muitos talentos no município, dentro das escolas. São muitos alunos carentes, que estão aproveitando esse espaço e, talvez, irão se sobressair no esporte. Com isso, também, fortaleceremos os laços sociais, educacionais, humano e, ainda, formaremos belos cidadãos para Sinop”, frisa.

A sócia-proprietária da academia, Fabiane de Paula Maio, conta que maior objetivo da empresa é incluir o esporte na comunidade e quebrar o tabu que o tênis é restrito apenas às classes mais altas. “Muitas crianças assistem o esporte e sentem vontade de fazer, mas acham que é algo muito fora da realidade delas. Então, nós vamos proporcionar essas aulas, no intuito de incentivar a prática do tênis em todas as classes sociais porque o tênis, além do esporte, trabalha a mente, a disciplina e a socialização e isso é muito importante.”, explica.

Neste primeiro momento, todos os alunos da escola irão passar por uma demonstração e teste, para que, por meio de uma avaliação feita por um profissional do esporte, a academia possa identificar as crianças que tenham a aptidão para o tênis. “Após a seleção, as crianças escolhidas terão um horário específico para treinar. Serão em torno de 20 alunos por horário. Porém, em parceria com a educação, a nossa exigência é que essas crianças, também, tenham uma boa nota na escola”, finaliza Fabiane.