Bem vindo ao Visão Notícias - 04 de Agosto de 2020 - 09:55

REBANHO BOVINO

Sedec assegura condições para vacinação contra aftosa na Gleba

02 de Junho de 2020 ás 15h 11min, por Luciano André
Foto por ASSESSORIA

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SEDEC), que agrega, além da pasta da Indústria, Comércio, Turismo e Mineração, também a pasta de Agricultura, desenvolve um trabalho de assistência técnica para as cerca de 500 famílias assentadas no Assentamento Wesley Manoel (Gleba Mercedes V). Um desses e bastante recente é a mediação entre produtor rural e o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea).

De acordo com o zootecnista da Sedec, Luiz Paulo, a distância entre o órgão regulador e as propriedades é bastante considerável e nem todos os produtores conseguem estar na cidade com certa regularidade. “Estamos fazendo a ponte para que nenhum produtor perca o prazo para comprar as doses contra aftosa e brucelose em animais com idade de mamando a caducando”, ilustra ao lembrar que o prazo para aquisição começou em 27 de abril e vai até o dia 10 desse mês.

O zootecnista explica, ainda, que após o dia 10 o produtor não consegue mais comprar. “O que estamos fazendo? Às quintas-feiras pela manhã eu fico na Agrovila e à tarde no núcleo Campos Novos recebendo a documentação e preenchendo as fichas para levar até o Incra. Até esta terça feira, 58 produtores já foram atendidos, garantindo a imunização de, pelo menos, 1.850 animais.

O secretário da pasta, Daniel Brolese, pontua que diversos outros trabalhos de assistência são realizados no local. “Estamos fazendo um trabalho para fomentar, assim como diversificar a economia das famílias assentadas. Conseguimos a construção de 53 tanques para a criação e comercialização de peixes, como também entregamos resfriadores para o armazenamento e comercialização mais sadia da produção leiteira do local”.

Em relação à produção leiteira, o zootecnista salienta que é um dos pontos fortes das propriedades e que estar com a vacinação em dia passa a ser uma questão de responsabilidade sanitária e que reflete na ponta, diretamente no consumidor que terá um produto mais saudável e de melhor qualidade, sem qualquer risco à saúde.