Bem vindo ao Visão Notícias - 18 de Outubro de 2019 - 21:41

Agricultura

Seaf e UFMT se unem para potencializar ações de apoio à Agricultura Familiar

13 de Setembro de 2019 ás 16h 53min, por Assessoria
Foto por Assessoria

O secretário de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), Silvano Amaral e o reitor em exercício da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Evandro Aparecido Soares da Silva assinaram nesta quarta-feira, 11.09, na reitoria em Cuiabá, o protocolo de intenções para atuar de forma conjunta na potencialização de ações de fomento à Agricultura Familiar. O protocolo terá duração de cinco anos, e prevê a execução de projetos especialmente ligados às áreas de cooperativismo, irrigação, economia solidária, inovação e extensão tecnológica, incubação, capacitação dos produtores, palestras técnicas, e orientações capazes de agregar valor à produção do campo. 

A proposta envolve a oferta de orientações técnicas in loco, que poderão ser desenvolvidas com o apoio de professores e alunos dos campus no interior. A participação orientada dos acadêmicos terá peso de estágio curricular, e poderá ser tema para trabalhos de conclusão de curso. A Seaf também intermediará o acesso da universidade à compra institucional de gêneros alimentícios da agricultura familiar, a fim de atender ao consumo interno da instituição.

“A chegada da UFMT traz consigo um know how extraordinário à Seaf, e amplia as possibilidades de atuação de ambas instituições. A secretaria passa a contar com o auxilio especializado e a expertise empreendedora da universidade, que é uma fábrica constante de conhecimento e inovação; e o Estado por sua vez, consegue garantir as condições para que a universidade tenha acesso aos agricultores e possa colocar em prática as ações elaboradas por seus professores e alunos. Vamos somar forças, e otimizar os resultados”, comemorou Silvano Amaral.

Objetivos bastante específicos também envolvem a utilização da Fazenda Experimental da UFMT, localizada em Santo Antônio do Leverger, e considerada referência no desenvolvimento de pesquisas ligadas a melhoria genética do gado leiteiro, piscicultura, fruticultura e hortaliças. Iniciativas de apoio à revitalização da fazenda também serão articuladas entre os parceiros.  

O fomento ao cooperativismo e a administração financeira também serão prioridades do protocolo de intenções. A falta de gestão em propriedades e cooperativas tem sido um dos principais obstáculos ao crescimento da produção e acesso ao mercado consumidor. A proposta envolve a oferta de orientações técnicas in loco, ligadas à administração, gerenciamento, compra e venda, e outros. A universidade tem expertise em matéria de gestão e reúne um corpo técnico especializado, com amplo material produzido por doutores em áreas específicas relacionadas à gestão.