Bem vindo ao Visão Notícias - 28 de Janeiro de 2020 - 09:09

Palestra

Circulação que envolve cultura, agronegócio e solidariedade atende a quase mil e oitocentos estud

24 de Dezembro de 2019 ás 08h 34min, por Carol Scandolara
Foto por Carol Scandolara

O projeto do Ministério da Cidadania, Colono Sim Baúco Não, realizado em parceria com a Ação Cultural e a dupla Tchó e Béppi,  atendeu a 1.787 alunos da rede pública de ensino em quatro cidades de Mato Grosso: Sinop, Cuiabá, Lucas do Rio Verde e Sorriso.

Ao todo, 395 crianças assistiram ao espetáculo em Sinop, 442 em Cuiabá, 500 em Lucas do Rio Verde e 450 estudantes acompanharam a última apresentação na cidade de Sorriso. As sessões foram realizadas no mês de novembro de 2019, sempre no perído da tarde, em parceria com secretarias de educação e cultura além de outras instituições públicas e privadas. 

Em paralelo ao projeto, no período da noite, em cada cidade beneficiada pelo projeto,  a equipe doou seu tempo em prol de instituições que precisavam de dinheiro para despesas operacionais. O total da arrecadação foi de R$ 21.660,00, por meio da venda direta de ingressos dos shows comerciais (norturnos)  Cada entidade comercializou e contabilizou os lucros.

A APAE de Sinop conseguiu o valor de R$ 8.080,00 e a AACC de Cuiabá R$ 520,00. Já em Lucas do Rio Verde os ingressos vendidos pela Apae totalizaram R$ 4.860,00 e a Apae de Sorriso conseguiu R$ 8.200,00.

O presidente da APAE de Lucas do Rio Verde, Valdecir Chagas, destacou a importância do projeto para a instituição. "Precisamos sempre do apoio da sociedade e esse espetáculo além de contribuir com informações veio para ajudar em um momento que as APAE's de Mato Grosso passam por algumas dificuldades", pontua Chagas.

Colono Sim, Baúco Não!

A turnê em formato de peça teatral dos humoristas Tchó e Béppi, que este ano completam 14 anos de estrada, levou informações do agronegócio através de uma linguagem didática, leve e, sobretudo engraçada, com o contexto de valorizar o homem do campo e sua produção.

O projeto teve apoio do Posto Trevão, Grupo Vale do Verde, Araguaia Agrícola, Amazônia Máquinas e a realização do Ministério da Cidadania e Secretaria Especial da Cultura. No ano que vem, a circulação será em cidades do estado vizinho, Mato Grosso do Sul.